29/06/2018 às 17h46min - Atualizada em 29/06/2018 às 17h46min

Polícia Civil alerta sobre 5 novos tipos de golpe que estão circulando em Barra do Garças e região

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
A cidade de Barra do Garças e região está movimentada em função da temporada de praia e neste período a polícia normalmente reforça o seu afetivo e alerta a população sobre golpes que estão sendo aplicados. Na tarde de quinta-feira (28/6), o delegado-adjunto da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), Joaquim Leitão, concedeu uma entrevista onde elencou os cinco tipos de golpes que estão acontecendo na região nos últimos dias. O site Araguaia Notícia participou da coletiva na Derf de Barra. 

São os golpes da manutenção de maquinha de cartão de crédito, atualização de cadastro bancário, cheque furtado para comprar no comércio, empréstimo onde a pessoa tem que depositar dinheiro antes e de publicidade que é oferecida em lista telefônica onde a vítima acaba sendo prejudicada.

Estes golpes surgiram com maior frequência nos últimos dias e por isso o delegado pediu à população que desconfie de qualquer oferta de pessoa estranha e procure algum parente para consultar ou até mesmo a polícia.

Segundo o delegado ao site Araguaia Notícia, em todos os golpes, os criminosos ligam ou tentam ludibriar as pessoas no sentido de depositarem alguma quantia ou emprestarem cheques ou até mesmo deixar as bolsas com os golpistas. Nesta semana, cinco pessoas foram presas tentando comprar numa supermercado famoso da cidade com cheques furtados.

No mês de maio, um empresário de correspondente bancário em Barra do Garças caiu no golpe de manutenção da maquinha de cartão de crédito e ficou com um prejuízo de quase 50 mil reais.

“Nós pedimos aos moradores e comerciantes que desconfiem de qualquer oferta onde a pessoa precisa adiantar algum dinheiro e o mais certo é perguntar para algum familiar e se for o caso ir à delegacia. Neste período que a cidade está movimentada existe o risco de golpistas se misturarem no centro da cidade para enganar as pessoas de bem”, frisou o delegado.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%