27/06/2018 às 17h43min - Atualizada em 27/06/2018 às 17h43min

Três são presos por roubo a carro que tinha bebê dentro

Midia News
Um casal de 29 e 42 anos, respectivamente, e uma amiga 21 anos, foram presos pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) na noite de segunda-feira (25), por furtarem um Ford Ka, em Cuiabá.

O roubo ocorreu na sexta-feira (22). Na ocasião, o filho da vítima estava no bebê conforto na parte de trás do veículo, mas mulher conseguiu tirar rapidamente a criança de dentro do carro. 

No dia do crime, a vítima relatou que foi surpreendida por um homem armado, o qual, com ajuda de um segundo homem e uma mulher, mediante ameaças, roubaram o seu carro.

Analisando as imagens captadas por câmeras de segurança do local, foi possível identificar os suspeitos do crime, que tiveram apoio de um veículo Corsa Classic branco, registrado em nome de uma locadora de veículos.

Em contato com o estabelecimento, os policiais obtiveram informação de que o carro tinha sido locado há uma semana, 16 de junho, pelo casal.

Em diligências, a polícia encontrou no interior do veículo o bebê conforto reconhecido pela vítima.

O grupo criminoso

Ouvido, o criminoso assumiu que levou dois homens e uma mulher até o local onde ocorreu o roubo do Ford KA. Já a esposa negou as acusações afirmando que tinha alugado o carro para o marido trabalhar como Uber.

A terceira suspeita, amiga do casal, foi presa no bairro CPA III. As investigações apuraram que o trio seria responsável também por outro roubo de automóvel, um Gol branco, praticado no sábado (23), no bairro Morada do Ouro, na Capital.

Diante das provas colhidas e materialidade para os crimes de associação criminosa armada e receptação, o trio foi autuado em flagrante pelo delegado de polícia Caio Fernando Álvares de Albuquerque.

“Após a lavratura de auto de flagrante em desfavor dos três presos foi representado pela homologação da prisão em flagrante e conversão em prisão preventiva, visando garantir a ordem pública e a tranquilidade social”, destacou o delegado titular.

O grupo foi autuado em flagrante pelos crimes de associação criminosa armada e receptação. O casal já tinha passagem pela polícia por homícidio qualificado.

As investigações continuam para prender os outros integrantes do grupo criminoso.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%