18/06/2018 às 15h15min - Atualizada em 18/06/2018 às 15h15min

Secretaria de Assistência Social realiza manhã de atividades físicas com grupo da melhor idade

Assessoria de Imprensa | Israel Monteiro
Israel Monteiro
Em busca da qualidade de vida e saúde dos idosos o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da Secretaria Municipal de Assistência Social vinculada a Prefeitura de Vila Rica, realizam trabalhos de atividade física e mental para idosos na unidade. As atividades acontecem semanalmente e são acompanhadas também por profissionais de psicologia e assistência social.E pensando em incentivar ainda mais a prática regular de exercícios físicos a secretária Lucy Meiry juntamente com sua equipe resolveram realizar todas as quintas, uma manhã de atividades físicas. Atividades físicas acompanhadas de um profissional trazem inúmeros benefícios que se manifesta sob todos os aspectos do organismo, que são de suma importância para a qualidade de vida de todas as pessoas e principalmente para os idosos, o CRAS trabalha com atividades de exercícios físicos e mentais voltados para esse tipo de público.

As atividades ocorrem na unidade e agora toda quinta-feira, será realizado uma manhã de atividades físicas na Praça Porangaba com o acompanhamento de psicólogos e profissionais de terapia, sempre respeitando as condições físicas, as potencialidades, os limites e as características psicológicas individuais do grupo da melhor idade.

“No CRAS, além de procurarmos trabalhar o fortalecimento de vínculos dos idosos, nós procuramos também proporcionar a eles momentos de lazer e principalmente de saúde. Nossa ideia é promover a saúde de forma democrática, de maneira que todos possam ter acesso aos serviços e garantir a assistência, portanto, no que diz respeito aos exercícios físicos nossa ideia é garantir inclusão, qualidade de vida e acompanhamento aos usuários”. Pontuou a Secretária de Assistência Social, Lucy Meiry.

No Brasil, os idosos (pessoas com 60 anos ou mais) representam 8,6% da população do País. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), da década de 1990 para os anos 2000, a população de terceira idade no Brasil cresceu 17%. O país tem hoje cerca de 20 milhões de idosos. Em 2025, esse número deve passar para 32 milhões de pessoas. Dados do IBGE.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.1%
24.5%
1.4%