15/06/2018 às 17h10min - Atualizada em 15/06/2018 às 17h10min

Veja vídeo e agradecimento da família no adeus ao ancião da Congregação Cristã em Barra do Garças

Eduardo Manciolli foi um homem de paz, amor e felicidade. Foram 80 anos de vida bem vividos e uma saudade imensa ficou. Veja a homenagem ao ancião fundador da Igreja Congregação Cristã

Ricardo Manciolli
Araguaia Notícia
Família


A família Manciolli agradece as manifestações de carinho e apoio que receberam no dia de hoje (14) com o velório e sepultamento do patriarca da família, Eduardo Manciolli. Foi enorme a demonstração de carinho e as dezenas de coroas enviadas, também gostaríamos de agradecer ao prefeito Roberto Farias que enviou uma mensagem de carinho e condolências a nossa família além de decretar em Barra do Garças luto oficial de 03 dias. Em tempo gostaríamos de agradecer ao prefeito de Aragarças José Elias e a primeira dama Mara Nei que durante toda cerimônia de funeral estiveram presente.
 
 
 
Congregação Cristã no Brasil
 
"Não teríamos palavras para agradecer a cada um dos membros, irmãos, cooperadores, anciões; além de uma enorme equipe de voluntários que se dispuseram  a oferecer total apoio a nossa família nesse momento tão difícil. A cada um que se deslocou até Barra do Garças para dar o último adeus ao nosso querido patriarca o nosso muito obrigado."
 
Missão
 
Eduardo Manciolli é natural de São Manoel-SP, chegou em Barra do Garças na década de 50, trabalhou durante toda sua vida como mestre de obras e construtor. Ao lado do saudoso Pedro Medrado inaugurou as primeiras igrejas Congregação Cristã no Brasil da região, durante  sua trajetória teve como missão levar a palavra de Deus em toda região do Araguaia, desde Barra do Garças até as mais distantes aldeias indígenas do Xingu como ele mesmo relatou em alguns livros. Casado com Terezinha dos Santos Manciolli há 57 anos, deixa 07 filhos, 13 netos, 04 bisnetos e muitas saudades.
 
Legado
 
Eduardo Manciolli deixa um legado de trabalho, missão, companheirismo e exemplo de pai. 
Durante sua trajetória visitou várias cidades levando a palavra de Deus voluntariamente, pois a igreja Congregação Cristã não paga salário aos seus líderes e proíbe a prática de dízimos e campanhas, mesmo assim é uma das maiores igrejas do Brasil com milhões de membros. Ficarão em nossas memórias as boas recordações de um homem inteligente acima de seu tempo, conselheiro, conhecedor assíduo das escrituras, um homem de Deus que por onde passou deixou amigos.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%