15/06/2018 às 07h14min - Atualizada em 15/06/2018 às 07h14min

Procurado por assassinato no Araguaia foi preso no norte de Mato Grosso

O crime aconteceu em Nova Xavantina e acusado de 23 anos estava na cidade de Ipiranga do Norte

Assessoria / PJC - MT
Araguaia Notícia
Apontado como autor de um homicídio ocorrido em Nova Xavantina, Genilson dos Santos Oliveira, 23, foi preso durante ação conjunta da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, na tarde desta quinta-feira (14.06), no município de Ipiranga do Norte, em Mato Grosso.

O acusado teve o mandado de prisão decretado pela Segunda Vara Criminal e Cível da Comarca de Nova Xavantina, após ser identificado pela Polícia Civil como o autor do homicídio. A prisão do suspeito aconteceu durante ação integrada dos policiais civis de Sorriso com os policiais militares de Ipiranga do Norte.

O homicídio ocorreu na madrugada de 03 de junho, em frente a uma casa noturna, no bairro União, em Nova Xavantina. Na ocasião, Divino Matos de Souza, 25, foi morto por golpe de arma branca na região do tórax. O acusado estava foragido desde dia do crime.

Conforme relato de uma testemunha, os dois rapazes tiveram uma discussão e em seguida o suspeito, utilizando um canivete, desferiu um golpe contra a vítima. O acusado saiu correndo do local e fugiu em um veículo de cor vermelha. Já a vítima foi socorrida e levada para Hospital Municipal, porém não resistiu ao ferimento e morreu na unidade de saúde.

Durante as investigações conduzidas pela Delegacia de Nova Xavantina, Genilson foi identificado como autor do crime, tendo o mandado de prisão representado pela Polícia Civil e deferido pela Justiça. Alguns dias depois, os policiais lograram êxito em descobrir o paradeiro do procurado, escondido na casa de seu irmão na região central da cidade de Ipiranga do Norte, onde a ordem de prisão foi cumprida.

No momento da abordagem, foi apreendido em poder do suspeito duas trouxinhas de maconha e também o canivete usado no crime.

Após ser preso e assumir a autoria do homicídio, Genilson foi conduzido e autuado no Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por uso de entorpecente, sendo posteriormente colocado à disposição da Justiça.
Notícias Relacionadas »
Comentários »