12/06/2018 às 23h37min - Atualizada em 12/06/2018 às 23h37min

Patrulha Rede de Frente completa um mês em Barra do Garças

O projeto embrionário foi lançado em Barra do Garças com apoio da Rede de Frente

Araguaia Notícia

O projeto piloto Patrulha da Rede de Frente completa um mês de funcionamento em Barra do Garças no dia 9 de junho. Inicialmente o projeto está acompanhando doze vítimas de violência doméstica. E para comemorar essa data foi realizada uma reunião entre os órgãos que compõem a Associação Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica Contra a Mulher, entre eles o Poder Judiciário, Ministério Público, Polícia Civil e Polícia Militar para realizar um balanço das ações da Patrulha até o momento.

Durante a reunião foi constatado que as medidas protetivas aplicadas a favor das vítimas e acompanhadas pela Patrulha Rede de Frente Mulher Protegida foram todas cumpridas pelos seus ex-companheiros. Assegurando o fiel cumprimento da Lei 11.340/2006 “Lei Maria da Penha”.

“Nesses últimos 30 dias o atendimento da Patrulha às vítimas foram fundamentais para que as agressões não voltasse acontecer, dando efetividade às medidas protetivas deferidas pelo Poder Judiciário, sendo assim um fator de empoderamento para a mulher que teve seus direitos afetados, dando a almejada segurança que a mulher vítima de violência doméstica necessita, afirmou a Tenente Vivianne, comandante da Patrulha Rede de Frente – Mulher Protegida do 5º CR.




Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.4%