07/06/2018 às 23h42min - Atualizada em 07/06/2018 às 23h42min

Governador Pedro Taques elogia atuação dos cinco PMs e dois policiais civis que salvaram bebê indígena

A menção honrosa foi postulada na ficha funcional dos servidores e serve como referência para progressão de carreira.

Débora Siqueira | Sesp - MT
Araguaia Notícia
O governador Pedro Taques assinou uma nota elogiosa aos cinco policiais militares e dois investigadores da Polícia Judiciária Civil (PJC) que participaram do salvamento do bebê indígena, em Canarana, no dia 05 de junho. A menção honrosa foi postulada na ficha funcional dos servidores e serve como referência para progressão de carreira. O documento será publicado no Diário Oficial do Estado.

“Eles tiveram que tomar uma decisão de difícil entendimento, pois o respeito à cultura indígena é assegurado pela Constituição Federal, bem como o direito à vida e à integridade física, e vocês tomaram a decisão correta”, comentou o chefe do executivo estadual.

Taques recebeu o major PM João Paulo Bezerra do Nascimento, 3º sargento PM Edson Fernando Poll, 3º sargento Adenilto Santos Oliveira e os soldados PM Jabes Raoni Sturm Aroca e Henrique Galvão Ataídes. Também constam na nota os investigadores da Polícia Judiciária Civil Dicson Danillo Souza Moura e Patrícia Gouveia Franco, que participaram da ação para salvamento da criança.,

O major João Paulo Bezerra do Nascimento disse que o denunciante foi fundamental para salvar a vida da criança, pois seis horas após o enterro do bebê ainda com vida, avisou a polícia do local onde estava, uma cova de cerca de 30 cm. A perícia que fica em Água Boa havia pedido para a Polícia Civil buscar o corpo, ele conta que foi uma surpresa aos policiais descobrir o bebê ainda com vida. “Foi um milagre”, descreveu o major. 

Também estiveram no gabinete do governador o secretário de Estado de Segurança Pública, Gustavo Garcia, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Marcos Vieira da Cunha, o delegado geral da PJC, Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, o diretor de interior da PJC, Wladimir Fransosi e o secretário-executivo da Sesp, Luiz Gustavo Tarraf.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.5%
1.4%