05/06/2018 às 19h41min - Atualizada em 05/06/2018 às 19h41min

Primeira-dama reclama que está sendo intimidada em Aragarças

A advogada Mara Nei enviou nota à imprensa onde fala de intimidações que estaria sofrendo por causa da queda de braço entre José Elias e oposição

Assessoria
Araguaia Notícia
O caldeirão político ferveu na cidade de Aragarças, na terça-feira (5/6). A primeira-dama e secretária de Ação Social, a advogada Mara Nei Elias, enviou nota à imprensa através de sua assessoria, onde reclamou que estaria sendo intimidada com a insistência de um funcionário da Câmara Municipal designado para notificar o prefeito José Elias acompanhado de uma viatura da PM. 

Acontece que o prefeito está viajando e o servidor do legislativo estaria fazendo uma vigilia em frente a casa e na prefeitura a procura do gestor. Recentemente foi aberta mais uma CPI na briga entre prefeito e oposição.

Mara Nei reclama que para uma simples intimação ao prefeito, que se encontra em viagem para Goiânia e Brasília em busca de emendas parlamentares para cidade, existe uma pressão política contra ele até usando a polícia.

“Lamentável que esteja acontecendo isso", frisou. A primeira-dama lembrou que numa pesquisa recente, a população aragarcense reconheceu o esforço de José Elias para administrar a cidade. 
 
Motivos da disputa

E nessa disputa entre prefeito e oposição em Aragarças, até mesmo projetos de interesse da comunidade acabam sendo prejudicados. "Enquanto o prefeito renegocia com a diretoria da Saneago a retomada da obra de saneamento básico, os vereadores votaram uma lei, simplesmente cancela a concessão e isso pode prejudicar a população lá na frente", destacou.

Diante do ocorrido de ontem, Mara Nei se deslocou para Goiânia. Questionado, José Elias lamentou esse fato, mas afirmou que está pronto para enfrentar mais essa CPI. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.3%
24.4%
1.4%