01/06/2018 às 12h11min - Atualizada em 01/06/2018 às 12h11min

Deputado Max visita obra do Ganha Tempo em Barra do Garças

Secom - BG
Araguaia Notícia
Ricardo Manciolli
O Deputado Max Russi visitou na manhã desta sexta-feira (1/06) o local em que está sendo construído o ‘Ganha Tempo’ em Barra do Garças, acompanhado do vice-prefeito Weliton marcos e dos vereadores dr. Neto e Garrincha, Max destacou a importância da obra.

“Vai facilitar a vida do cidadão que terá acesso ao que precisa em um único local, ganhando tempo e diminuindo os entraves burocráticos, em uma das primeiras visitas fomos cobrados pelo Prefeito Roberto Farias para que uma das novas unidade viessem para Barra e não medimos esforços junto ao Governador para que o projeto fosse concretizado, temos certeza que será importantíssima para Barra do Garças e toda a região”.

A unidade de Barra do Garças deverá iniciar o atendimento em setembro, mês do aniversário do município, a conclusão da obra está prevista para agosto. O ‘Ganha Tempo’ vai facilitar para a população que busca serviços, pois todos os órgãos estarão presentes no mesmo local, evitando a burocracia, resolvendo tudo de forma rápida.

Esta será a sétima unidade do estado, no centro de serviços a população será atendida com conforto e agilidade economizando tempo e esforço, serão ofertados serviços estaduais e federais (Sefaz, Detran, Politec, TRE, Sine, etc.) e municipais (habitação, meio ambiente, Procon, Junta Militar, Jari, entre outros).

A previsão para conclusão é de 90 dias, serão gerados na unidade 100 empregos diretos e indiretos. A estimativa de 459 pessoas atendidas por dia, totalizando mais de 9 mil pessoas por mês.
A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, criança, árvore, céu, atividades ao ar livre e natureza

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, criança, árvore, céu, atividades ao ar livre e natureza


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

74.2%
24.4%
1.3%