25/05/2018 às 14h51min - Atualizada em 25/05/2018 às 14h51min

Coordenador de Sine pede fotos pelo WhatsApp a adolescente que procurava emprego e é exonerado em MT

Mãe registrou boletim de ocorrência e Polícia Civil abriu investigação. Ele pegou o celular da adolescente no currículo e mandou mensagens no celular dela.

G1 MT
Araguaia Notícia
Um coordenador da unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, foi exonerado do cargo depois de ter enviado mensagens e pedido fotos a uma adolescente, de 17 anos, que procurava emprego na cidade.

A mãe da menina registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil. A situação foi classificada como importunação ofensiva ao pudor na Delegacia da Mulher de Tangará da Serra. Para a família, a adolescente foi constrangida.

Cópias dos registros das conversas foram entregues à polícia. A adolescente procurou o Sine através do chat da página do Facebook. O coordenador, Silvano Ferreira, respondeu as mensagens e disse que ela poderia ir até a agência entregar o currículo.

“Até aí tudo bem. Acho que não houve nada de intenção dele pessoalmente. Quando cheguei em casa, ele entrou em contato comigo pelo WhatsApp”, declarou a adolescente.

Depois, segundo a estudante, o ex-coordenador mandou uma mensagem pra ela pelo Whatsaspp e iniciou um outro tipo de conversa.
Ele pegou o celular da adolescente no currículo e mandou mensagens no celular dela (Foto: TV Centro América)

Ele pegou o celular da adolescente no currículo e mandou mensagens no celular dela (Foto: TV Centro América)


Silvano diz que viu fotos da menina e pede para que ela mande outras para ele. E comenta ainda que não vai passar nenhuma informação para as empresas sobre isso.

“Eu não sei qual o tipo de foto que ele queria. Eu não passei o meu número para ele. Ele pegou meu número de telefone pelo currículo”, afirmou.

Constrangida com a situação, a estudante contou o que aconteceu para mãe. A mãe, então, procurou a delegacia e registrou um boletim de ocorrência

A Prefeitura de Tangará da serra exonerou o coordenador da unidade que ocupou o cargo de confiança durante dois anos.

Silvano se pronunciou sobre o assunto também pela internet. Ele disse que sempre fez o mesmo atendimento a todas as pessoas durante o período que esteve à frente da instituição.

Também comentou que está tomando as devidas providências na esfera civil e criminal e que a verdade virá a tona.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.0%
3.7%
11.6%
83.7%