18/05/2018 às 12h57min - Atualizada em 18/05/2018 às 12h57min

Projeto que denuncia possíveis abusos sexuais infantis tem sua segunda edição

Olhar Alerta/Acassio Esdras
Um projeto que acontece em todo o país chamado “Olhos que falam” tem por intuito denunciar através de desenhos de estudantes das escolas, possíveis abusos e explorações sexuais, para que assim, os criminosos sejam punidos.Segundo a Primeira Dama Leidiane Gomes de Freitas, em sua segunda edição na cidade de Confresa, este ano o projeto é de 1 mês inteiro de conscientização sobre abusos. A proposta é que os alunos façam desenhos para falar sobre sua visão a respeito de abuso sexual, após os desenhos serem feitos, passarão por profissionais como psicólogos e psiquiatras para uma análise aprofundada, assim, poderão ser identificados casos de abusos e/ou exploração sexual nos autores das representações.

Cada escola escolheu quatro melhores desenhos, e estes estão no Camilão para serem votados. Haverá premiação para os primeiros colocados de um notebook, tablete, um celular e uma bicicleta, respectivamente.

O evento com palestras, apresentações e premiações acontecerá na sexta-feira (18) no período da tarde, alunos e responsáveis pelo evento sairão em passeata da prefeitura e seguirão em direção ao Camilão, onde a eventualidade se encerrará.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.3%