10/04/2013 às 13h17min - Atualizada em 10/04/2013 às 13h17min

Protesto em socioeducativo termina com dois feridos

Olhar Direto
Olhar Direto

Menores infratores recolhidos no socioeducativo de Barra do Garças realizaram um protesto na noite de segunda-feira (8) que terminou com a intervenção da polícia e dois menores feridos. Um deles, J.M., 17 anos, teve os braços e o pescoço queimado e inalou muita fumaça durante o tumulto. O coleguinha dele, de 16 anos, ‘M’, passou mal e também foi conduzido para o hospital.

A família de J.M. procurou o Ministério Público quarta-feira (9) para reclamar que somente ficou sabendo o garoto estava internado através de amigos e que quando procurou a direção do socioeducativo na noite de terça-feira recebeu a informação que estava tudo bem e que era apenas um trabalho de rotina.

O incêndio foi provocado pelos próprios adolescentes que queriam mudança para outra cela e atearam fogo num colchão, porém com a fumaça foram os internos que passaram mal. O diretor do socioeducativo, Ed Ferreira, salientou que a manifestação aconteceu somente numa cela onde os internos pediam a remoção para outra cela e que os ferimentos teriam sido leves com relação aos infratores e o incêndio foi somente no colchão.

O diretor da unidade já informou a Promotoria sobre ocorrido e com relação ao pedido sobre mudança de cela será avaliado pela direção. O socioeducativo de Barra funciona no bairro Santo Antônio num prédio velho e não oferece muitos recursos de socialização para os adolescentes. Existe uma promessa do governador Silval Barbosa de construir ou alugar um novo espaço para sediar o socioeducativo. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%