14/05/2018 às 23h30min - Atualizada em 14/05/2018 às 23h30min

Semana de Combate a Exploração Sexual de Crianças em Barra do Garças começa com palestras; e terá caminhada na sexta-feira

A programação será concluída na sexta-feira, dia 18/5, com uma caminhada de conscientização da sociedade e divulgando o disque-100 para denúncias

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
A Rede de Frente participa das palestras nas escolas
Cerca de seiscentas crianças participaram na segunda-feira (14/5) da palestra sobre combate a exploração sexual de crianças e adolescentes na escola Helena Esteves em Barra do Garças. O ciclo de palestras se estenderá até quinta-feira visitando mais colégios com a participação de integrantes da Rede de Frente, Poder Judiciário, Ministério Público e Conselho Municipal de Criança e Adolescente.

Neste ano, as autoridades estão enfatizando a importância de dizer basta e denunciar qualquer tentativa de aliciamento ou abuso contra crianças e adolescentes. “Hoje a sociedade está mais atenta acompanhando as campanhas de conscientização que são realizadas e as escolas são importantes para ajudarem a descobrir casos de abusos que as crianças talvez estejam tendo em casa e contam para professora ou para algum coleguinha”, destacou a promotora Helen Ulian Kuriki.

A juíza Augusta Prutchansky Martins Gomes Negrão Nogueira também participou da abertura da Semana de Combate ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes em Barra do Garças e destacou a importância de toda a sociedade nesta luta contra estes crimes. O psicólogo Eduardo dos Santos Vieira também participou da atividade.

Na sexta-feira terá uma caminhada saindo do Banco do Brasil no centro de Barra do Garças para comemorar o Dia 18 que é o Dia Nacional de Combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente (CMDCA), Cristina Rodrigues da Silva, convidou a população para caminhada de sexta-feira. “Nós queremos compartilhar este tema importante de proteção de nossas crianças com toda a sociedade e para tanto iremos encerrar esse ciclo de palestras com uma caminhada pelo centro de Barra do Garças".
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%