12/05/2018 às 09h58min - Atualizada em 12/05/2018 às 09h58min

Saiu licença para construção de ponte de concreto entre Cocalinho e Nova Nazaré

O governador Pedro Taques havia assumido esse compromisso no ano passado conforme vídeo logo abaixo e a licença saiu dia 8 de Maio possibilitando melhorar escoamento entre Nova Nazaré e Cocalinho

Kassu / Água Boa News
Araguaia Notícia
Água Boa News


A Licença Prévia ambiental nº 30993/2018 da Sema foi proferida no  dia 08 de maio para a construção da Ponte de Concreto no Rio das Mortes na MT-326 na divisa dos municpios de Nova Nazaré e Cocalinho.

A solicitação da licença foi protocolada na Sema em pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística em 26/10/2017 e é válida até 07/05/2021.

O governador Pedro Taques em visita a Expovale no dia 8 de julho de 2016 anunciou pelo menos o início da construção da ponte.

O anuncio no evento Dia de Negócios e foi feito após o presidente do Sindicato Rural, Antônio Melo (Tunico) fazer uma cobrança dizendo que desde 1977 já havia uma promessa que a ponte seria construída nos dois anos seguintes. “Já se passaram 40 anos e até agora nada” disse o presidente.  O governador quebrou o protocolo e fez o anuncio. “Pode gravar, -- e o Agua Boa News gravou-- nós temos 470 milhões para pontes que já está depositado no banco. Uma parte desta verba eu já garanto hoje. A primeira vez que vim a Água Boa a Leila do Calcário já cobrava a construção desta ponte. A  ponte será construída em parceria com o governo federal, municípios e produtores, pois o investimento será de cerca de 60 milhões. É uma ponte de 300 metros e ainda os encabeçamentos, esse é um compromisso meu como governador do estado de Mato Grosso". Ver o vídeo abaixo...

Agora chegou a hora da licitação seria indispensável as nossas autoridades de toda a região fazer a cobrança para que seja cumprida a promessa.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.4%