03/04/2013 às 13h11min - Atualizada em 03/04/2013 às 13h11min

Reitora reforça parcerias com municípios da Grande Barra que pedem curso de medicina

Olhar Direto
Edvilson Arneiro

A visita da reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lucia Neder, em Barra do Garças foi marcada por união dos municípios da Grande Barra em torno de novas parcerias com a instituição de ensino. O prefeito barra-garcense, Roberto Farias (PSD), fez um pedido em nome da região para que o curso de medicina seja implantado pela UFMT no município. As prefeitas de General Carneiro, Magali Vilela (PSD); e de Pontal do Araguaia, Divina Oda (PSB), corroboraram na sugestão.

A reitora ouviu atentamente o pleito e disse que o curso de medicina é um projeto a médio e longo prazo e destacou que o governo federal já investiu mais de R$ 29 milhões na construção do campus de Barra e aumentou de 4 para 16 cursos. "Nós estamos aqui em visita ao restaurante universitário recém-instalado e em breve vamos inaugurar o planetário", frisou.

"A UFMT aqueceu a economia do município com número de alunos. Esse restaurante universitário também era um pleito da região e agora queremos o curso de medicina", disse o prefeito. A prefeita Divina aproveitou a visita da reitoria para pleitear mais apoio da instituição ao campus do Pontal. "Nós queremos um compromisso da reitora de colocar mais oito cursos no Pontal", frisou Divina.

A prefeita de General Carneiro, Magali Vilela, acrescentou que a UFMT contribuiu também na formação de mais moradores de General que estudam em Barra e Pontal e torce para que dê certo o projeto de criar o curso de medicina. "Temos que nos unir para conquistarmos mais cursos para a região", completou. A reitora que estava acompanhada do pró-reitor José Pessoa, informou que a universidade foi convidada para sediar o centro de convenções que o município ganhará do Governo do Estado.

A UFMT pretende oferecer um estudo de engenharia para ajudar a diminuir o caos do trânsito na cidade por causa das carretas. O deputado federal Welinton Fagundes acompanhou a reitora na visita e adiantou que Mato Grosso já tem R$ 20 milhões em emendas para asfaltar 9 km do anel viário cuja obra será licitada em maio. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%