27/03/2018 às 15h23min - Atualizada em 27/03/2018 às 15h23min

Finalmente saíram as vagas para gêmeos de Aragarças na UTI neonatal em Goiânia

Lucas e Luan serão transportados de UTI móvel por volta das 18 horas de terça-feira (27/3) direto para o hospital Hugol de Goiânia. Foi uma luta muito grande das autoridades de Aragarças para conseguirem as vagas em Goiânia que está em crise na saúde, sem contar o esforço do Pronto Socorro de Barra do Garças para preservar a vida dos bebês.

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
Depois de vários dias de aflição, finalmente saíram as vagas para os gêmeos prematuros da cidade de Aragarças-GO que estavam na fila aguardando internação numa Unidade de Terapia Intensiva para recém-nascidos (UTI neonatal). As vagas foram disponibilizadas no sistema de regulação do estado de Goiás por volta das 13 horas e os beb~es de 24 dias serão removidos por volta das 18 horas de terça-feira (27/3) direto para o hospital Hugol de Goiânia via UTI móvel. Duas viaturas serão utilizadas nesta remoção sendo uma de Iporá e outra de São Luís de Montes Belos. 

Devido a crise que o estado de Goiás vive na saúde, cerca de 43 crianças estão na fila desde o final de semana, aguardando vagas e correndo risco até mesmo de morte.

Os recém-nascidos Luan Victor Jesus de Lima e Lucas David de Jesus Lima, estão com 24 dias de nascidos, e por orientação médica serão transportados em duas viaturas de UTI móvel com acompanhamento de paramédicos.

Eles estão sendo atendidos no Pronto Socorro de Barra do Garças, que prestou um grande trabalho preservando a vida dos bebês. Vale ressaltar, que os médicos do PSM disseram que Lucas e Luan estão fora de risco de morte, todavia, com indicativo de UTI neonatal para fortalecimento dos órgãos internos principalmente os pulmões.

As vagas saíram por volta das 13 horas no sistema de regulação segundo informou o secretário de saúde de Aragarças José Fábio. Ele agradeceu o empenho do prefeito José Elias que ligou para as autoridades e do superintendente de urgência e emergencial Cleudes Baré (ex-prefeito de Bom Jardim) que ajudaram a pressionar para conseguir as vagas em Goiânia.

Luan e Lucas nasceram de 31 semanas (entrando para o sétimo mês) e estavam no materno infantil em Goiânia, com necessidade de UTI neonatal, mas sem vaga. Consta que um funcionário teria orientando aos pais para que retornassem a cidade de origem que seria mais fácil para conseguir as vagas junto ao sistema.

Todavia essa versão ainda será apurada. José Fábio disse que o mais importante neste momento é que os gêmeos estão bem e fora de risco e agora vão se fortalecer mais ainda numa UTI neonatal na capital do estado. O secretário de Aragarças agradeceu todo esforço dos profissionais do Pronto Socorro de Barra do Garças que foram fundamentais para preservar a saúde dos bebês.
Notícias Relacionadas »
Comentários »