20/03/2018 às 08h05min - Atualizada em 20/03/2018 às 08h05min

Um dos homens mortos em confronto com a polícia é identificado pela Polícia Civil de Barra do Garças

Araguaia Notícia
A Polícia Civil de Barra do Garças identificou na manhã de terça-feira um dos dois elementos mortos no confronto com forças de segurança na noite de segunda-feira, trata-se de Neilton Carlos Leles de Jesus, 29 anos, que morava em Campinápolis e estaria na companhia de um outro elemento que ainda não foi identificado.

De acordo com a Polícia Civil, Neilton respondia por dois artigos do código penal: artigo 180 Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime (receptação) e artigo 311 Adulterar ou remarcar número de chassi ou qualquer sinal identificador de veículo automotor, de seu componente ou equipamento.

Neilton tem uma tatuagem no peito "PORK'S" que auxiliou no trabalho de identificação. Vale destacar que ação realizada em Barra do Garças foi uma ação conjunta de todas as forças de segurança de Barra e Aragarças.

Como tudo começou

Na manhã de terça-feira (19/3), as forças de segurança foram informadas de um resgate de preso do sistema prisional da cadeia de Aragarças no momento que um detento era levado até o dentista, em que um agente penitenciário chegou a ser alvejado no colete por um disparo de calibre 12 efetuado pelos criminosos durante a ação delituosa, os quais ao empreenderem fuga sentido Mato Grosso efetuaram disparos de pistola contra uma viatura da PRF. Diante disso, foram realizadas diligências ininterruptas por parte da PM com apoio de equipes da PRF, PJC-GO, PJC-MT e PMGO no intuito de localizar e prender os suspeitos.

Por volta das 20:00 horas de segunda-feira, após um cerco de 10 horas ininterruptas no encalço dos suspeitos armados, as equipes da Força Tática Araguaia, ao interceptarem dois suspeitos armados na área rural de Barra do Garças-MT foram surpreendidos por disparos de arma de fogo por parte dos infratores, sendo necessária à devida reação à injusta agressão recebida, resultando em confronto armado, onde os suspeitos foram alvejados, receberam o socorro, porém não resistiram.

Foram apreendidas com os dois homens um revólver calibre 38 e uma pistola calibre .40 com munições intactas e deflagradas, duas munições de calibre 12 apreendidas.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »