15/03/2018 às 14h52min - Atualizada em 15/03/2018 às 14h52min

Três suspeitos de matarem cabeleireiro em Barra do Garças são presos

O primeiro envolvido foi preso pela Polícia Civil na noite de quarta-feira. Mais dois suspeitos foram detidos na quinta-feira com o carro da vítima em Espigão do Leste. O cabeleireiro foi morto com um corte no pescoço no bairro de Vila Maria e o crime está sendo tratado como latrocínio: roubo seguido de morte.

Leandro Kervalt| Agência da Notícia
Araguaia Notícia
Agêrncia da Notícia
A polícia deu uma resposta em tempo rápido para o brutal assassinato do cabeleireiro Adão Gleber da Silva, 44 anos, conhecido como Kleber, que foi praticamente degolado no bairro de Vila Maria na noite de terça-feira num crime de latrocínio onde os autores levaram o carro da vítima. O corpo foi encontrado na quarta-feira e na noite de quarta-feira, a Polícia Civil de Barra do Garças chegou a prisão de um homem conhecido como Divino, que teria dado cobertura para fuga de mais dois suspeitos. 

E nesta quinta-feira, a Polícia Militar (PM) de distrito de Espigão do Leste, município de São Félix do Araguaia, prendeu dois suspeitos do crime. Os envolvidos seriam Pedro Gabriel Alencar e Davi Feitosa Lima, ambos de 19 anos, estavam em posse do carro da vítima um Chevrolet Celta. O veículo teria sido roubado após os latrocidas matarem o cabelereiro com golpes de faca.

A prisão ocorreu após a PM ser informada que os suspeitos poderiam estar em fuga pela região. Os acusados foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de São Félix do Araguaia onde as medidas cabíveis serão tomadas.

Caso

Adão Gleber da Silva, 44 anos, foi assassinado com um corte profundo no pescoço na casa dele no bairro de Vila Maria. O corpo foi encontrado no final da tarde de quarta-feira (14/3) por parentes que acionaram a Polícia Militar (PM), a Polícia Civil (PC) e a Polícia Técnica (Politec).

Adão foi encontrado caído dentro da residência e o corte na garganta foi provocado provavelmente por uma faca. Uma sobrinha da vítima informou a PM que o principal suspeito deste crime seria um ex-namorado, que é usuário de drogas e ligado a uma facção criminosa na cidade.

Foi verificado também que o carro da vítima, um Celta com placas KEF 0360, foi levado da casa do cabeleireiro, que fica na rua Frei Felipe perto de um depósito.

A informação é de que o serviço reservado da PM e PC já está a procura do suspeito. Segundo a família, a vítima foi vista na terça-feira com o suspeito andando pelo bairro. A polícia deduz que o crime pode ter ocorrido de terça para quarta-feira. A população ficou abalada com a notícia do assassinato de Adão Gleber e pede agilidade da polícia na prisão do autor do homicídio.
Notícias Relacionadas »
Comentários »