10/03/2018 às 16h12min - Atualizada em 10/03/2018 às 16h12min

Está preso ladrão que matou cliente durante assalto a um mercado; veja vídeo:

A Polícia Civil concluiu a investigação com a identificação e prisão preventiva do assaltante que entrou num mercado para roubar e acabou matando um cliente que tentou reagir. Esse crime aconteceu no dia 22 de novembro do ano passado, em Confresa no Norte Araguaia. Veja vídeo abaixo

Assessoria / PJC - MT
Araguaia Notícia


O suspeito que matou uma pessoa durante um assalto em Confresa está preso após conclusão da investigação que chegou a autoria do crime que repercutiu na região do Norte Araguaia, em Mato Grosso. A polícia chegou a veredicto que Claudio Ivan Cardial Hora, 18 anos, é o mesmo individuo que aparece no vídeo anunciando o assalto e atirando na vítima.

Para chegar a essa conclusão, a Civil contou com apoio da Politec e uma reconstituição. No dia do crime, Claudio entrou no mercado anunciando o roubo quando o cliente, Diogo de Oliveira, 37 anos, que era mecânico, tentou reagir e acabou sendo baleado no rosto e vindo a falecer na sequencia.

O suspeito encontra-se detido desde o dia 18/1 na cadeia de Porto Alegre do Norte, ocasião em que foi preso junto a um grupo criminoso que veio da Bahia e se instalou em Confresa para prática de ações criminosas.

O latrocínio praticado pelo investigado ocorreu no mês de novembro de 2017, em um supermercado, ocasião em que executou a vítima com um disparo de arma de fogo. Na época, o crime causou grande repercussão, sendo divulgado em redes sociais e causando grande revolta na sociedade.

Durante as investigações, os policiais identificaram Cláudio como possível autor do crime, uma vez que através das câmeras de segurança do mercado foi possível verificar que o autor possuía as mesmas características do suspeito. Além disso, no dia dos fatos, o autor fugiu em uma moto Honda Bros, a qual o investigado possuía um modelo idêntico.

Diante das evidências, foi solicitado a Politec a reprodução simulada do crime, sendo o trabalho foi realizado em conjunto com a equipe da Polícia Civil. A conclusão do laudo pericial apontou Cláudio como autor do crime. Com a confirmação da autoria, o suspeito foi indiciado em inquérito policial com o pedido de prisão preventiva pelo delegado André Rigonato.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »