05/03/2018 às 18h40min - Atualizada em 05/03/2018 às 18h40min

Três homens são presos com armadilhas para capturar tartarugas no rio Araguaia

Assessoria / Gcom - MT
Araguaia Notícia
Uma ação conjunta da Polícia Militar e Secretaria de Meio Ambiente (Sema) realizada no rio Araguaia, região de Barra do Garças, resultou na apreensão de 13 armas de fogo, mais de 200 redes e quase 200 armadilhas para capturar tartarugas, entre outros apetrechos usados na pesca e caça predatórias.

Entre 23 de fevereiro e 04 de março, policiais militares e agentes da Sema atuaram na região combatendo a pesca e caça ilegais. Nesse período, além das armas, foram apreendidas 128 redes, 76 tarrafas, 12 redes de filhote, 169 cambuís (armadilha para pegar tartaruga), 31 anzóis também para capturar de tartaruga, quatro motores de popa (de 25 HP e 40 HP) , mais de 230 munições e seis barcos de alumínio.

Os armamentos apreendidos são: nove espingardas de diferentes calibres, uma delas artesanal; duas carabinas, além de dois “trabucos”, similares de armas também de confecção caseira.

Os policiais também resgataram e devolveram à natureza sete tartarugas, animais que estavam sendo mantidos em tanques supostamente para consumo ou comércio. A ação fiscalizou diversos acampamentos nas margens do rio.

Três homens foram detidas e podem responder por crimes ambientais. Os presos e todo material apreendido foram entregues à Polícia Judiciária Civil.
Notícias Relacionadas »
Comentários »