01/03/2018 às 11h13min - Atualizada em 01/03/2018 às 11h13min

Pedro Taques vai reformar escola Dom Bosco para implantar escola militar em Barra do Garças

A cidade de Barra do Garças está na lista dos municípios que vão receber uma escola militar Tiradentes e a escolha escolhida é o Dom Bosco que depende de uma reforma detalhada.

Assessoria
Araguaia Notícia
Foto: Rdnews
O governador de Mato Grosso, Pedro Taques, deve assinar em março a ordem de serviço para reforma da escola Dom Bosco onde a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), se prepara para implantar a escola Tiradentes em Barra do Garças. A informação foi repassada pelo deputado estadual Baiano Filho. 
 
Em reunião com o parlamentar na quarta-feira (28.02), Marrafon ressaltou o empenho do Baiano e da Câmara de Vereadores de Barra do Garças, com destaque para atuação do vereador Júlio César, nas tratativas para expansão do ensino militar para região Araguaia e informou sobre a tramitação do projeto para reforma desta unidade.

“Com o apoio do Baiano e da Prefeitura conseguimos levar no último ano a Escola Tiradentes para Confresa e agora expandiremos a metodologia do ensino militar para Barra do Garças. Já aderimos a ata e em março voltaremos a Barra do Garças já para dar ordem de serviço”, informou Marrafon.

De acordo com o titular da Seduc, a escola será pintada por inteiro e toda a parte de baixo do prédio deverá ser reformada no prazo de dois meses. Para Baiano Filho, esse é importante passo para assegurar a melhora do ensino na região.

“Saímos da Seduc satisfeitos com compromisso do secretário em contemplar ainda neste ano Barra do Garças com a Escola Tiradentes para reforçar não só o ensino mas como a convivência familiar em Barra do Garças, com os princípios repassados pelos educadores”, frisou Baiano.

SANTA CRUZ

Em atendimento ao pleito do parlamentar e do prefeito de Santa Cruz do Xingu, Marcos de Sá, Marrafon assegurou o empenho de recursos na ordem de R$ 354 mil para reforma da Escola Estadual Santa Cruz do Xingu.

Devido às más condições da unidade, os alunos iniciaram o ano letivo na unidade municipal de ensino. Contudo, com a garantia do repasse, a expectativa é de que até abril os alunos do Estado retornem a sede da Escola Estadual.
Notícias Relacionadas »
Comentários »