23/02/2018 às 14h54min - Atualizada em 23/02/2018 às 14h54min

Pedro Taques deve pavimentar 25 quilômetros da MT-322 em 2018

Luana Braga / Assessoria AL - MT
Araguaia Notícia
As obras para pavimentação da MT-322, no trecho entre os municípios de Novo Santo Antônio e Serra Nova Dourada, serão intensificadas após o período chuvoso. De toda extensão, a meta é pavimentar 25 quilômetros no sentido NSA a SND, durante o ano de 2018.

Em reunião com o representante da empresa contratada para executar o trecho, o deputado estadual Baiano Filho e o prefeito de Novo Santo Antônio, Adão Soares, ficou definido o traçado que as obras de pavimentação devem seguir, conforme entendimento com o governador.

Numa visão estratégica, o Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura, conduzirá as obras de Novo Santo Antônio a Serra Nova Dourada, atacando, primeiramente, os trechos mais problemáticos.

“Chegamos ao entendimento de que após o período chuvoso terá início as obras de terraplanagem e pavimentação dos 10 km entre Novo Santo Antônio e a comunidade “Zé 300”, uma vez que as obras no trecho que compreende 15 quilômetros entre esta comunidade e Serra Nova Dourada já foram retomadas e que os 20 quilômetros entre NSA e o Zé 300 será totalmente levantado com a instalação de galerias”, informou Adão, com base no cronograma de trabalho da Sinfra.

Na oportunidade, o prefeito Adão agradeceu o apoio do deputado Baiano nas articulações junto à Sinfra para a retomada desta importante obra que livrará o município do risco de isolamento, fato vivenciado recentemente em razão do período chuvoso.

“Agradecemos o deputado estadual Baiano Filho por todo empenho na retomada das obras de pavimentação da MT-322, assim como pelo governador que, sensível ao nosso drama na época das chuvas, determinou a sua equipe celeridade no retorno das obras de pavimentação deste trecho”, declarou Adão.

Também participaram da reunião, a vereadora por Novo Santo Antônio Japi Rego e a superintendente de execução e fiscalização de obras da Sinfra, Paula Janayna Fenerich.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.3%
18.2%
75.2%