23/02/2018 às 07h43min - Atualizada em 23/02/2018 às 07h43min

Prefeitos se reúnem para tratar da implantação de aterros sanitários em várias cidades do Vale do Araguaia

Agência de Notícias da AMM
Araguaia Notícia
Os prefeitos que integram o Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Econômico e Ambiental do Médio Araguaia (CODEMA), se reuniram nesta quarta-feira (21), em Água Boa, para discutir o planejamento sobre a implantação de aterro sanitário. O Objetivo foi discutir alternativas relacionadas a implementação de serviço ambiental, especificamente a destinação adequada dos resíduos sólidos urbanos. O evento teve início com uma palestra sobre o panorama do saneamento, ministrada pela pesquisadora da Universidade Federal de Mato Grosso, Eliana Rondon. Em seguida, o superintendente da Fundação Nacional de Saúde-Funasa, Francisco Holanildo Silva Lima, ressaltou a importância da implantação de aterros nas regiões do estado, pois o lixo é uma questão de saúde pública.

O prefeito de Água Boa, Mauro Rosa da Silva, frisou que é determinante que o gestor público tenha a consciência de entender a importância da destinação do lixo, como ação de saneamento, saúde e condição social. Segundo ele, é necessário que se encontre soluções para a destinação final da produção de resíduos. “Em Água Boa, fazemos uma coleta diária, atendendo de maneira sistemática todos os setores da cidade. Por dia, são recolhidas centenas de toneladas de lixo urbano, que são encaminhadas ao aterro controlado”, disse ele. “Com o crescimento da cidade, entendemos que a melhor alternativa seja a implementação de um aterro sanitário. Para isto, temos que buscar meios, tendo em vista que, a construção de um aterro sanitário, significa custos para os cofres públicos”, comentou o prefeito.

O Presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios, Neurilan Fraga, participou da reunião e enalteceu a iniciativa dos prefeitos em debater o tema em torno de uma futura parceria, que representa desenvolvimento e qualidade de vida da população de uma das regiões mais importantes de Mato Grosso. “Os municípios do Médio Araguaia dão a partir de agora, um grande exemplo, no sentido de encontrar solução para uma questão de fundamental importância”, argumentou. “Através do consórcio, os municípios ganham força na busca de recursos públicos e investimentos no setor de saneamento, fundamental para a prevenção de doenças e desenvolvimento regional”, alertou.

Durante o encontro, os gestores discutiram a possibilidade de implantação de um aterro consorciado. Ficou decidido na reunião, que será formada uma comissão para estudar e avaliar as propostas para um melhor encaminhamento em torno da implantação do aterro sanitário regional. Conforme o secretário municipal de Água Boa, Cristiano Dalla Costa, os municípios entendem o grau de importância da destinação dos resíduos de forma correta, sem agredir e causar danos ambientais.

Participaram da reunião os prefeitos de Nova Xavantina, João Batista Vaz da Silva - Cebola; Canarana, Fábio Faria; Cocalinho, Dalva Peres; Gaúcha do Norte, Voney Rodrigues Goulart - Goiano;  Nova Nazaré, João Teodoro Filho; Novo São Joaquim, Antônio Augusto Jordão; Querência, Fernando Gorgen e de Ribeirão Cascalheira, Reynaldo Fonseca Diniz.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.4%
5.2%
18.1%
75.3%