16/03/2013 às 16h01min - Atualizada em 16/03/2013 às 16h01min

Índios são advertidos para pararem com bloqueios e saques em rodovia

Olhar Direto
Olhar Direto

Os índios xavantes, da aldeia Sangradouro, foram advertidos para pararem com os bloqueios na BR 070 entre Barra do Garças e Primavera do Leste onde estavam cobrando pedágio e em alguns casos até mesmos saqueando cargas abandonadas após acidentes. Uma conversa amigável foi realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) que esteve na aldeia acompanhado de lideranças políticas tentando apaziguar a situação.

O clima ficou tenso entre índios e patrulheiros depois do dia 18 de fevereiro quando a PRF apreendeu um carro roubado que estava sendo conduzido por índio e isso revoltou os indígenas que voltaram a fazer pedágios e furtaram objetos de dentro de uma viatura da PRF: um cartão de abastecimento, um rádio AHT e celular funcional.

Os equipamentos foram devolvidos uma semana depois. Mesmo assim a PRF pediu apoio de lideranças políticas da região para conversar com os caciques e buscar um entendimento. O encontro foi terça-feira (12) na aldeia Sangradouro com a participação do superintendente da PRF, Weller Sanny Rodrigues da Silva.

A prefeita de General Carneiro, Magali Vilela, intermediou para realização do encontro justamente para cessar os problemas na região com os índios.

Os caciques alegam que os pedágios são realizados quando os índios estão com problemas na saúde e não tem recursos e porque a rodovia foi construída dentro da reserva. Porém eles prometeram parar com os pedágios.

Na semana passada, o Ministério da Justiça foi alertado sobre o problema onde caminhoneiros e motoristas reclamam que são obrigados a pagarem valores altos em pedágios e que já viram saques em cargas de veículos que quebram ou sofrem acidentes dentro da área indígena.

Na tentativa de acalmar os ânimos, a PRF procurou lideranças indígenas e autoridades locais para que houvesse um diálogo.

Além de caciques, índios da etnia xavante e representantes dos bororos da aldeia Meruri. Vereadores de Primavera do Leste, representantes da Prefeitura de Poxoréo, entre outras autoridades participaram da reunião. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.6%
75.2%