06/02/2018 às 19h51min - Atualizada em 06/02/2018 às 19h51min

Carretas atolam na MT-322 dificultando transporte de produtos e grãos no Araguaia

Agência da Notícia com Só Notícias
O tráfego de carretas e caminhões em um trecho não pavimentado, de pelo menos 80 quilômetros, entre os municípios São José do Xingu e São Félix do Araguaia está dificultando o transporte de inúmeros produtos, principalmente grãos. O local está intransitável porque aumentou o número de atoleiros dos últimos dias.

“Está chovendo desde sexta-feira na região e o local se tornou intransitável. Os caminhões carregados estão parados aguardando auxílio para sair dos atoleiros. Sempre que possível fazemos reparos emergenciais, mas a rodovia é de responsabilidade do Estado. Já mandamos duas máquinas para retirar os veículos. Infelizmente, a situação está precária”, disse o secretário de Obras de São Félix do Araguaia, Domingos Góes, em entrevista, ao Só Notícias.

A rodovia é a principal via de acesso dos moradores das cidades de Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Porto Alegre do Norte, São Félix do Araguaia e Santa Cruz do Xingu até o entroncamento com a BR-163, em Matupá.

A assessoria da secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) informou que desde 2015 está sendo mantida a trafegabilidade na MT-322. As ações iniciaram dentro da reserva do Xingu onde era considerado o pior do Estado. Após várias ações de manutenção, hoje 80% da sua extensão está trafegável e a rodovia é considerada uma das melhores do Estado.

Ainda de acordo com a Sinfra, o trecho citado está em seu planejamento para manutenção. Esta semana será encaminhada uma equipe técnica até o local para fazer o levantamento de custos e ações que deverão ser realizadas. Dentro de 15 dias os maquinários devem iniciar a manutenção.

Durante os três anos da atual gestão, o Estado já repassou R$ 679,3 milhões dos recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para as 141 prefeituras. Pela lei do Fethab, os valores devem ser utilizados pelas administrações municipais na manutenção de rodovias estaduais não pavimentadas e também na recuperação e construção de pontes.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.3%
5.3%
18.3%
75.1%