13/03/2013 às 14h52min - Atualizada em 13/03/2013 às 14h52min

Alunos de Barra colhem assinaturas pedindo investigação sobre ação da Rotam

Olhar Direto
Olhar Direto

Os alunos do campus de Barra do Garças da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) promoveram uma manifestação contra a violência da PM durante conflito com universitários de Cuiabá e colheram assinaturas pedindo apuração do caso. O documento será encaminhado a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso. O protesto foi realizado enfrente a praça do Garimpeiro no centro da cidade.

Os universitários estavam de branco com cartazes com frases onde pedem paz e apuração do incidente que houve em Cuiabá. Na quarta-feira da semana passada, seis alunos saíram feridos e dez foram presos durante a ação da Rotam para desobstruir o trânsito durante manifestação dos alunos contra a decisão da reitoria da UFMT de retirar alguns alunos da Casa do Estudante (CEU).

O protesto em Cuiabá demorou e a Rotam disparou balas de borracha que acertaram alguns alunos inclusive a jovem Bruna quebrou a mão. Em Barra do Garças, a manifestação foi tranquila onde os alunos gritavam palavras de ordem e carregavam cartazes com frases como: “pode bater, pode atirar, a nossa luta vai continuar”.

O abaixo-assinado está disponível para as pessoas assinarem na sala do Diretório Central Acadêmico, na UFMT até o fim desta semana e depois será encaminhado para a Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso, pedindo que sejam tomadas as devidas providências em relação aos policiais acusados de agredir os estudantes do Campus de Cuiabá.

Os campis de Rondonópolis e Sinop também fizeram manifestações na última semana. Colaboração da Graci de Sá. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.5%
17.7%
75.2%