09/03/2013 às 11h20min - Atualizada em 09/03/2013 às 11h20min

Índias xavantes fazem protesto pedindo mais apoio a saúde indígena

Olhar Direto
Olhar Direto

Mulheres xavantes fizeram na manhã de sexta-feira (8) um protesto pedindo mais atenção à saúde indígena no Vale do Araguaia principalmente com relação às mulheres que comemoram hoje o Dia Internacional da Mulher. A índia Izabel Reamo, 50 anos, da aldeia Imaculada Conceição, abraçada com um caixão, liderou o movimento enfrente ao distrito de saúde de Barra do Garças (DSEI).

Ela explicou que as índias quando ficam grávidas enfrentam dificuldade para fazer exames e acompanhamento de pré-natal muitas das vezes não tem carro para trazer a índia até a cidade para ser atendida por médicos. “Quando demora acontece de morrer a mulher ou bebê no parto”, diz a índia.

Izabel pediu mais empenho do tratamento fora do domicilio (TFD) e especialidades que os índios também têm dificuldade para conseguir. Sobre doenças sexualmente transmissíveis, Izabel disse que só dois casos foram detectados nas aldeias xavantes em mulheres.

As faixas e cartazes serviram para reforçar a manifestação das índias xavantes que depois dançaram e cantaram enfrente a unidade. O protesto pacífico foi acompanhado por caciques xavantes e funcionários do DSEI com respeito e admiração. É a primeira vez que as mulheres da aldeia realizam um evento sozinhas sem a participação dos homens.

Hoje existem mais de doze mil índios xavantes no Vale do Araguaia e mais de sete mil são mulheres. Por isso a preocupação delas em ter mais atendimento na saúde. O cacique da aldeia Nossa Senhora Aparecida e representante de nove terras indígenas, Domingos T’suime Abhoodi, considerou justa a manifestação das mulheres xavantes e disse que os homens apoiando as reivindicação. Segundo ele, existe uma dificuldade de transporte nas aldeias quando alguém passa mal e com relação às gestantes essa preocupação é maior, pois existe o risco de perder o bebê. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.6%
5.4%
17.7%
75.2%