22/12/2017 às 16h29min - Atualizada em 22/12/2017 às 16h29min

Infarto mata ex-prefeito de General Carneiro

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
Faleceu na sexta-feira (22/12), o ex-prefeito de General Carneiro Juracy Rezende da Cunha, 70 anos, conhecido como Buchudo. Ele estava em casa quando teve um infarto fulminante por volta das 5 horas da manhã. No dia de ontem ele esteve nos médicos em Barra do Garças se queixando de dores no peito e falta de ar. Em 2010 ele passou por uma cirurgia e colocou uma ponte safena no coração.
 
Buchudo ficou conhecido como um prefeito popular na região e chegou a ser submetido a uma prova para saber se sabia ler e escrever determinada pela Justiça Eleitoral após denuncia de adversários e assim disputou a prefeitura de General Carneiro por duas vezes. Em 2004, perdeu a eleição por sete votos para o xará Juraci de Aquino. Em 2008, Juracy Buchudo que era muito popular e ingresso no Partido dos Trabalhadores (PT) e saiu eleito prefeito de General Carneiro.
 
E mais uma vez perseguido por adversários, Juracy nem assumiu de imediato a prefeitura acusado de captação ilícita na eleição teve o diploma de eleito suspenso e a segunda colocada na eleição Magali Vilela foi empossada prefeita por um ano e nove meses.
 
Buchudo recorreu e conseguiu na justiça finalmente assumir a prefeitura por dois anos e três meses cumprindo o mandato até o dia 31 de dezembro de 2012. Natural de Torixoréu, Buchudo e família chegaram a General há sessenta anos e bastante popular se elegeu três vezes vereador. Foi casado duas vezes e deixa seis filhos.
 
Por muito tempo manteve um açougue na avenida principal de General e se tornou um pequeno pecuarista na região. O corpo dele está sendo velado na avenida Fernando Correia da Costa atendendo um pedido dele que falou a uma vizinha antes que queria ser velado em casa e o sepultamento será sábado a partir das 9 horas da manhã.

O irmão de Buchudo, Vilmondes Cavalcante, agradeceu a manifestação de vários amigos do ex-prefeito que ligaram dando as condolências e outros que confirmaram presença no enterro. “Meu irmão estava com problema no coração e hipertenso e ultimamente estava indo muito aos médicos. Nós agradecemos as pessoas que estão ligando sentidas com a morte dele”, finalizou. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »