22/06/2011 às 10h07min - Atualizada em 22/06/2011 às 10h07min

Suspensa a recontratação de azulzinhos

A guarda de trânsito vai acabar por causa de desgaste político

Olhar Direto
Reprodução

O serviço de agente de trânsito da prefeitura de Barra do Garças, 509 km de Cuiabá, deve ser suspenso a partir de julho. A renovação dos contratos dos agentes de trânsito, conhecidos como azulzinhos, foi suspensa através de uma emenda supressiva do vereador Júlio César (PSDB) ao projeto do prefeito Wanderlei Farias sobre a contratação dos temporários. A guarda de trânsito foi criada em 2010 pelo prefeito republicano.

O projeto pedia a recontratação dos 10 agentes juntamente com 667 temporários da prefeitura cujos contratos vencem dia 30 de junho. Diante da decisão dos vereadores de suprir a recontratação dos azulzinhos praticamente ficou confirmada a decisão de extinção do serviço. Um dos motivos seria ó desgaste político que houve com a população devido ao excesso de multas aplicadas.

O vereador Odorico Kiko (PT) avalia que o serviço foi mal aplicado porque não houve uma orientação aos agentes de trânsito para organizarem o trânsito e as multas pesaram no bolso dos cidadãos. “Ninguém gosta de multa. Ainda mais numa cidade pequena onde todo mundo se conhece. Faltou orientação dos azulzinhos para atuar de forma preventiva no trânsito”, comentou.

A informação é que os agentes de trânsito vão tentar convencer os vereadores e prefeito Wanderlei para manter o serviço nesta terça-feira (21) quando acontece a votação do projeto dos contratados. O vereador Júlio César informou que o presidente da CDL, José Alves Piedade, esteve na Câmara pedindo para os vereadores voltarem atrás e manter a guarda alegando que o trânsito da Barra melhorou com o serviço.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%