Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90
08/12/2017 às 21h31min - Atualizada em 08/12/2017 às 21h31min

Quase 700 presos farão Enem em 27 penitenciárias e cadeias de MT

Nesse ano, mais de 3 mil presos foram matriculados nos ensinos fundamental e médio. Provas estão previstas para os dias 12 e 13 de dezembro.

G1 MT
Presos de 27 unidades prisionais de Mato Grosso farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para pessoas privadas de liberdade nos dias 12 e 13 de dezembro. Segundo a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso (Sejudh-MT), 659 presos estão inscritos para fazerem a prova nas unidades.

Entre as unidades onde a prova será aplicada, estão a Penitenciária Central do Estado (PCE), Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, Penitenciária Major Eldo Sá, a Mata Grande, em Rondonópolis, além de unidades em Barra do Garças e Cáceres.

Mato Grosso tem uma população carcerária de 11 mil presos. Ainda de acordo com a secretaria, para o Enem deste ano, as provas darão acesso para o ensino superior, diferente de ano anteriores quando era possível utilizar as notas obtidas para obter certificação do ensino médio.

Nesse ano, mais de 3 mil presos foram matriculados nos ensinos fundamental e médio nas unidades prisionais de Mato Grosso (Foto: Sejudh)

Nesse ano, mais de 3 mil presos foram matriculados nos ensinos fundamental e médio nas unidades prisionais de Mato Grosso (Foto: Sejudh)



Das salas de aula de unidades penitenciárias, alguns presos conseguiram em anos anteriores obter sucesso nas provas do Enem e hoje estudam em universidades, como a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, com autorização judicial.

Atualmente são 20 presos de várias unidades prisionais cursando graduações como letras, ciências contábeis, ciências biológicas, administração, matemática e zootecnia.
Conforme levantamento da Sejudh, o Sistema Penitenciário de Mato Grosso possui salas de aula em 46 unidades prisionais. Nesse ano, mais de 3 mil presos foram matriculados nos ensinos fundamental e médio.

Em Mato Grosso, aproximadamente 30% dos detentos cursam do ensino fundamental à faculdade. Outros 13% dos presos trabalham durante o cumprimento da pena.

Encceja

A coordenadora de educação penitenciária da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, Margareth Anderson, explica que também em dezembro os presos farão as provas do Exame Nacional de Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Enceja) – que certifica os ensinos fundamental e médio. Estão inscritos para esta prova 1.320 presos de 35 unidades. As provas serão aplicadas nos dias 19 e 20 de dezembro.

Araguaia Notícia  Publicidade 790x90


Entre no grupo do Araguaia Notícia no WhatsApp e receba notícias em tempo real  CLIQUE AQUI
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Araguaia Notícia  Publicidade 1200x90