30/11/2017 às 17h30min - Atualizada em 30/11/2017 às 17h30min

Cartório de 1º Ofício de Barra do Garças ficará fechado por 4 dias para mudança de acervo

O cartório está passando para uma nova direção e para tanto é necessário a conferência do acervo. O atendimento ao público estará suspenso de 1 a 4 de dezembro. Os casos urgentes serão atendidos em regime de plantão pela Justiça

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
O cartório de 1º oficio de Barra do Garças estará fechado por quatro dias para mudança de acervo e o atendimento ao público será suspenso de 1 a 4 de dezembro. Os casos urgentes terão que ser atendidos em regime de plantão pela Justiça

A decisão foi tomada pelo juiz Francisco Ney Gaiva que enviou um comunicado sobre a suspensão. Essa medida está sendo tomada de acordo com a portaria nº 218/2017-DF, que delega a responsabilidade do acervo do cartório de 1º oficio de Registro de Imóveis da comarca de Barra do Garças a necessidade de realizar a transmissão deste acervo do referido cartório extrajudicial, e o disposto consolidação das normas da Corregedoria-Geral da Justiça.

Diante disso o magistrado decide suspender o expediente externo do cartório do 1º oficio. Os casos urgentes e os atendimentos anteriormente agendados deverão ser realizados em regime de plantão.

O juiz ainda designou os servidores Roberto Araújo Sousa, Ilzevainy R.S. Zanin; Urania Santos Barbosa e Izabel Maria E. dos Santos e Cristiane Maria Donadel para integrarem a equipe de transmissão de acervo da serventia do cartório do 1º oficio desta comarca devendo iniciar os trabalhos nas datas acima mencionadas a partir das 08 horas da manhã.

A suspensão do atendimento no cartório de 1º oficio se deve a decisão do juiz Francisco Gaíva que afastou do cargo de registrador de confiança da Justiça, Adalberto Teixeira da Silva, que respondia pelo Cartório do 1º Ofício desde 2013. Um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) foi instaurado contra o citado que estava afastado das funções por noventa dias.

O nome indicado para assumir o cartório bara-garcense é da servidora Maria Aparecida Bianchini Pacheco, que está vindo da comarca de Poxoréu-MT designada pela justiça para responder cumulativamente pelo cartório do 1º Serviço Registral de Barra do Garças.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.0%
3.7%
11.6%
83.7%