20/02/2013 às 13h48min - Atualizada em 20/02/2013 às 13h48min

Mansões são construídas 'dentro' do rio Araguaia; uma é de deputado

Olhar Direto
Tv Anhanguera

A delegacia de Meio Ambiente de Goiás apura crimes de construções irregulares às margens do rio Araguaia, na divisa de Goiás e Mato Grosso, onde casas e até mesmo mansões estão sendo construídas quase dentro do rio. Uma dessas mansões pertence ao deputado federal Sandro Mabel (PMDB-GO) situada no município mato-grossense de Cocalinho, na divisa com Goiás.

As mansões não respeitam sequer metragem das margens que não podem ser desmatadas e contam com piscina e até mesmo sistema de ar condicionado. A força-tarefa envolve também ambientalistas de Mato Grosso mesmo porque um dos casos fica em Cocalinho.

A delegacia de Meio Ambiente de Goiás informou que as construções irregulares vão desde mansões até humildes casas em Áreas de Preservação Ambiental (APP) e nas matas ciliares. Todas possuem até energia elétrica.

A casa do deputado goiano Sandro Mabel fica a menos de dez metros da margem do rio. Segundo o auto de infração, ele foi multado em R$ 1,2 milhão por ter reformado o imóvel sem autorização ambiental.

Outra casa em situação irregular foi construída literalmente dentro do rio e tem piscina e até sistema de ar-condicionado. O delegado responsável pela apuração adiantou que além dos proprietários serem multados, a Secretaria de Meio Ambiente também vai apurar porque companhia de energia Celg liberou energia para os imóveis desrespeitando as normas preservacionistas.

O deputado Mabel através de sua assessoria informou que sua construção já é antiga e que está dentro das normas permitidas e que não houve crime ambiental. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%