19/02/2013 às 14h09min - Atualizada em 19/02/2013 às 14h09min

Índio é flagrado com carro furtado, mas não fica preso, para evitar tumultos

Agência da Notícia
Ilustração

Um índio da etnia Xavante flagrado dirigindo um carro furtado na Br 070, a 40 km de Barra do Garças, chegou a ser detido na noite de segunda-feira (18) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e conduzido até a delegacia de Barra do Garças por crime de receptação. O indígena Caetano T’serue , da reserva Sangradouro, não permaneceu preso para evitar tumultos na porta da delegacia de Barra do Garçaa que estava cheia de indígenas.

Caetano estava com uma pick-up Saveiro, cor preta, furtada em Tangará da Serra que estava rodando com placas de um veículo regular de Natal, Rio Grande do Norte. O acusado chegou a dizer que comprou o veículo de boa-fé e alega o desconhecimento que o veículo era furtado. O xavante conta que pagou R$ 8 mil pelo carro.


Esse não é o primeiro caso de indígena rodando com carro furtado ou robado no Araguaia onde alguns selviculas se aproveitam do preço baixo dos veículos para comprar. Na semana passada, o vereador de Luciara Maurília Farias chegou a ser detido também com veículo clonado.


O parlamentar foi indiciado por receptação. O delegado de São Felix, Wanes dos Santos Neves, disse que a região é muito visada pelos bandidos para comercializar carros clonados ou roubados. “Estamos trabalhando para mudar essa realidade”, frisou. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%