23/11/2017 às 06h47min - Atualizada em 23/11/2017 às 06h47min

Rede de Frente de Barra do Garças é apresentada no Congresso Nacional da Defensoria Pública

O evento foi realizado em Santa Catarina e as ações da Rede de Frente foram apresentadas pela defensora Lindalva de Fátima Ramos

Araguaia Notícia
Gabriela Galvão / Assessoria Defensoria Pública-MT
A Defensora Pública de Barra do Garças, Lindalva de Fátima Ramos, apresentou o projeto Rede de Frente - Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica de Barra do Garças e Pontal do Araguaia, do qual é membro e uma das idealizadoras, durante a exposição de práticas exitosas no XIII Congresso Nacional de Defensores Públicos (CONADEP). O encontro, cujo tema foi Defensoria Pública: em defesa das pessoas em situação de vulnerabilidade, foi realizado em Florianópolis (SC).

Na oportunidade, Lindalva de Fátima ressaltou que a integração com a sociedade é obrigação de todo Defensor Público e a violência doméstica é uma questão de saúde pública. “Quando a família não vai bem, a sociedade não vai bem, por isso idealizamos esse projeto e começamos a implementar vários eixos de atuação que pudessem surtir efeito a curto, médio e longo prazo”.

A Defensora também expôs dados que demonstram o êxito da atuação da Rede de Frente, a exemplo do fim dos casos de feminicídio na Comarca desde a implantação do projeto, a sensível redução da cifra oculta de crimes de violência doméstica e a redução drástica da reincidência. “Não adianta brincarmos de prática, temos que trabalhar cientificamente”.

A Rede de Frente é um projeto interinstitucional que tem por intuito reduzir os índices de violência contra as mulheres na Comarca de Barra do Garças. Para tanto, foram estabelecidos cinco eixos de atuação: Rede de Atenção/Proteção Social da Violência Doméstica; Aplicação humanizada da Lei 11.340/2006 e do procedimento judicial no combate à violência contra a mulher; Plano de Educação Permanente e capacitação para os agentes sociais; Núcleo Acadêmico de Pesquisa; e Projeto Educacional e Cultural de Prevenção à Violência Doméstica nas Instituições Públicas de Ensino.

Integram a Rede de Frente a Defensoria Pública, Ministério Público, OAB, Poder Judiciário, Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Secretaria de Educação, Secretaria de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde de Barra do Garças; Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres de Pontal do Araguaia, Escritório Regional de Saúde, SAE/CTA, CRAS, CREAS e CAPS’AD, além da Faculdade Catedral, Universidade Federal de Mato Grosso – Campus do Médio Araguaia, e Universidade Anhanguera.

Confira a apresentação da dra Lindalva durante o Conadep em Florianópolis: https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2F100004931791851%2Fvideos%2F918606084980443%2F&show_text=0&width=560
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.7%
16.9%
77.3%