08/11/2017 às 06h47min - Atualizada em 08/11/2017 às 06h47min

PMs são presos por tráfico internacional de armas em Barra do Garças

Assessoria / PF - MT
Araguaia Notícia
Um policial militar da ativa e outro da reserva lotados no 2º BPM de Barra do Garças foram presos na madrugada de quarta-feira (8/11) pela Polícia Federal (PF) por tráfico internacional de armas. A ação foi acompanhada pela Polícia Federal sob comando do delegado Rafael Valadares.
 
O delegado explicou através de nota de que os policiais estavam com duas pistolas calibre 380, um rifle calibre 22 com mira especial, munições 22 e de uso restrito 357 e .40 e mercadorias contrabandeadas como eletrônicos e perfumes.
 
A Polícia Federal não divulgou o nome dos policiais seguindo orientação de uma portaria da instituição. Os militares após serem ouvidos foram encaminhados ao 5º Comando Regional da PM de Barra do Garças e apresentados ao plantão do Poder Judiciário local.
 
A apreensão das armas foi possível após uma denúncia anônima de que pessoas com produtos ilícitos chegariam à cidade nesta madrugada, e para flagrar essa situação uma operação foi montada em Barra do Garças que resultou na detenção dos militares por volta das duas horas da madrugada.
 
As pistolas foram adquiridas na cidade de Pedro Juan Cabelero-Paraguai. Os envolvidos devem responder pelo crime de tráfico de internacional de arma de fogo e munições, como prevê o Estatuto do Desarmamento, lei 10.826/2003, nos seus artigos 17 a 19, onde a pena é aumentada da metade se a arma de fogo, acessório ou munição forem de uso proibido ou restrito.

O delegado ressaltou que este crime, recentemente, passou a ser qualificado como hediondo, ou seja, se condenados os PMs terão que cumprir pena em regime fechado.
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.9%
4.5%
19.5%
74.1%