27/10/2017 às 18h17min - Atualizada em 27/10/2017 às 18h17min

Investigadora da Rede de Frente é convidada para trocar experiências com Polícia de Londres

MT Agora / PJC-MT

A investigadora de polícia, Andréa Cristiane Oliveira Costa Guirra, presidente da Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica de Barra do Garças e Pontal do Araguaia, foi convidada para viajar para Londres, Capital da Inglaterra, para trocar experiências com a Polícia de lá. O convite aconteceu durante um workshop especial para policiais e guardas municipais, promovido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com apoio da Embaixada Britânica.

O workshop com o tema, “Mulheres em Situação de Violência e o Papel dos Profissionais de Segurança” acontece em Goiânia (GO), entre os dias 26 e 27 de outubro, e é coordenado pela professora Fiona Macaulay, da Universidade de Bradford/ Reino Unido) e Juliana Martins da Universidade de São Paulo (USP).

A atividade, realizada em português, tem como objetivo refletir sobre a violência de gênero, compreendendo como as relações de gênero afetam o comportamento de homens e mulheres. O curso visa permitir, a partir das experiências de trabalho dos próprios policiais, entender melhor as questões sobre relações de gênero e como estas se conectam a sua atividade profissional e a sua identidade como policial.

Andréa e outras duas representantes de práticas inovadoras sobre violência doméstica contra mulher, que ganharam o Selo do Fórum Brasileiro de Seguraça Pública, foram convidadas pela coordenadora do evento para ir a Londres, trocar experiência com a Polícia lá. A viagem deve acontecer no final de março de 2018. 

“Toda equipe da Polícia Civil de Barra do Garças, em especial o delegado regional, Adilson Gonçalves de Macedo e o titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Herodoto Souza Fontinele, ficarão muitos felizes com a notícia, uma vez que a PJC tem grande participação nos trabalhos da Rede de Frente”, destacou Andréa. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
17.2%
77.1%