24/10/2017 às 20h32min - Atualizada em 24/10/2017 às 20h32min

Exército se dispõe ajudar na construção do anel viário de Barra do Garças

Ronaldo Couto
Araguaia Notícia
Uma equipe do batalhão de engenharia do Exército esteve visitando o canteiro de obras do anel viário de Barra do Garças que está sendo instalado com duas pontes sobre os rios Garças e Araguaia criando uma segunda ligação entre os estados de Mato Grosso e Goiás.

A obra mais aguardada da região nos últimos 30 anos está sendo executada pelo Governo Federal com a construção das pontes e em breve com a pavimentação do contorno viário de 14 km que passará pela GO 194 no fundo do 58º Bimtz.

Para tanto o Exército aguarda uma definição do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) em relação a obra do Anel Viário de Aragarças-GO. O Exército Brasileiro sinalizou para que projeto passe pela GO-194, na área do 58ºBIMtz,  em contrapartida solicitou que a obra de pavimentação seja executada pelo batalhão de Engenharia e Construção do Exército. Fato que tornaria a obra mais barata e mais rápida.
 
O Exército também indicou, ainda, algumas contrapartidas na execução da obra como: cercamento, passagens ambientais, passagem para a sua base de instrução, entre outras necessidades para atender o projeto.

A obra do anel viário de Barra do Garças já consumiu em torno de 48 milhões e está incluindo no programa de aceleramento do crescimento (PAC) e foi celebrado com a participação da bancada federal e está no orçamento da União. São 14 quilômetros de estrada e duas pontes de concreto.

Lembrando que no dia 9/8, o prefeito José Elias atendendo ao convite do senador Wellington Fagundes (PR), participou de uma reunião com a deputada federal, Magda Mofatto, superintendente do DNIT-GO, Flávio Murilo Prates, e o chefe do Departamento de Engenharia e Construção do Exército, General Moura, onde trataram dos convênios entre o Exército Brasileiro e o DNIT na realização de obras nos contornos de Aragarças, Barra do Garças e Pontal do Araguaia, que são fundamentais para desafogar o trânsito da região.
 
 
 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.8%
17.6%
76.5%