23/10/2017 às 22h03min - Atualizada em 23/10/2017 às 22h03min

Detento mata colega de cela após jogo de cacheta

O autor do crime é natural de Aragarças-GO

Araguaia Notícia
Rota Policial - Jataí/GO
Bruno matou o colega de cela Jonathan após um desentendimento num jogo de baralho
Na tarde de segunda-feira (23/10) aconteceu um homicídio dentro do presídio de Jataí-GO. Dois presos que eram companheiros de cela estavam jogando cacheta (jogo de barulho) quando surgiu um desentendimento que foi resolvido com golpes de chuço (uma espécie de espada).

O fato ocorreu na ala B do presídio quando Bruno da Silva Brito, 23 anos, que é natural de Aragarças-GO, estava jogando cacheta com Jonathan Ferreira. Durante o jogo, Bruno fez uma brincadeira porque estava ganhando o jogo e foi agredido por Jonathan que lhe deu um tapa.

Esse desentendimento rendeu mais de dez golpes de chuço contra Jonathan que morreu na hora. Os agentes penitenciários foram chamados na grade de contenção da ala B e foram informados do ocorrido pelo detento Adriano Ferreira dos Santos de que havia um preso morto no interior daquela ala.

O diretor do presídio foi avisado e determinou que todos os internos fossem trancados para que os agentes pudessem entrar na cadeia. Após que os detentos se recolheram nas celas, os agentes e diretor entraram na ala e encontram o presidiário Jonathan morto no pátio.

A Polícia Civil foi acionada e compareceu no presídio juntamente com a perícia e a equipe do IML. Jonathan foi morto com várias perfurações provocadas por arma branca já sem vida. O crime ocorreu por volta das 16:00hs desta segunda-feira (23).

Os agentes penitenciários foram informados pelo próprio detento Bruno sobre ocorrido. E para consumar o assassinato, Bruno usou uma arma artesanal (tipo espada).
 
A vítima recebeu mais de dez golpes no pescoço e no restante do corpo. Bruno é natural de Aragarças/GO e está preso há cerca quatro meses cumprindo pena pelo crime de roubo e era companheiro de cela de Jonathan.

A delegada Paula Daniela Ruzza esteve no presídio e posteriormente começou a ouvir os presos que estavam no banho de sol. Após o desentendimento no jogo, Bruno se dirigiu até a cela e pegou a arma branca em baixo do colchão e desferiu vários golpes em Jonathan.

A vítima possuía várias passagens pela polícia por; furto, receptação, roubo, tráfico de drogas e estava cumprindo pena pelo crime de tentativa de homicídio.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.5%