19/06/2011 às 09h21min - Atualizada em 19/06/2011 às 09h21min

Eleição no movimento comunitário de MT

Olhar Direto
Reprodução

Pelo menos 40 mil eleitores devem ir às urnas, neste domingo (19/06), das 7h30 às 17h, na região Leste de Cuiabá, na segunda etapa da maior eleição comunitária da história de Mato Grosso. No domingo anterior, cerca de 45 mil eleitores foram às urnas na Grande Morada da Serra (CPA), região Norte da Capital. O processo eleitoral do movimento comunitário se encerra no próximo domingo (26/06), com eleições em 29 bairros da região Oeste.

O presidente da União Cuiabana de Associações de Moradores de Bairros (Ucamb), Édio Matins de Souza, vai visitar pelo menos metade dos 28 locais de votação. O primeiro pleito a ser visitado será o Doutor Fábio, por volta das 9 horas, no Centro Comunitário. Na seqüência, Édio e comitiva visitam a eleição do Doutor Fábio II, na Escola Firmo Leite.

Édio Martins dirigiu um agradecimento especial para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que cedeu urnas eletrônicas e de lona para o pleito comunitário. Ele destacou que, desde 2003, é obrigatória a ‘Ficha Limpa’, por exigência da Ucamb, para que os candidatos inscrevem suas chapas.

Temas como Copa do Mundo, regularização fundiária e infra-estrutura básica dominaram os debates, durante a campanha eleitoral do movimento comunitário

“Enquanto na vida pública brasileira a Lei da Ficha Limpa só chegou apenas no ano passado, nas eleições da Ucamb essa prática já existe há quase 10 anos. Todos os candidatos têm de apresentar certidões negativas cível e criminal para concorrer”, argumenta o presidente da Ucamb, acreditando que, nesse contexto, o movimento comunitário serviu de exemplo ao país.


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%