17/10/2017 às 07h39min - Atualizada em 17/10/2017 às 07h39min

Padrasto mata enteado e avisa família pelo WhatsApp

G1 MT
Um homem de 45 anos é procurado pela polícia por suspeita de ter matado o enteado de 17 anos com um corte profundo no pescoço e tentar assassinar o irmão da vítima, de 15 anos, na madrugada desta segunda-feira (16), em Juína, a 737 km de Cuiabá. O suspeito, identificado como Jazenias Araújo dos Santos, ainda teria mandado uma mensagem para um tio dos adolescentes, via WhatsApp, para avisar que havia matado os dois enteados.

Segundo consta no boletim de ocorrência, a polícia foi acionada após o familiar receber a mensagem pelo celular. Ao chegar no local, os policias encontraram as portas da casa abertas e o enteado mais velho caído na cama, já morto. Conforme os policiais, o jovem teve a cabeça subdivida do pescoço, ferimento chamado de esgorjamento.

Já o adolescente de 15 anos foi encontrado no sofá da casa e apresentava um corte na nuca, mas estava consciente. Ele foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

Conforme a polícia, a mãe das vítimas e o suspeito haviam terminado o relacionamento há três meses, mas reataram após constantes ameaças feitas por Jazanias, que dizia que iria amtar os enteados por não aceitar o fim do relacionamento.

Conforme a polícia, o padrasto e os enteados não se davam bem e, há alguns dias, o padrasto e o enteado mais velho teriam discutido. A Polícia Civil está investigando o caso, mas afirmou que o padrasto é o principal suspeito.

A mãe dos adolescentes estava em Cuiabá no momento do crime. Segundo a polícia, ela será ouvida assim que retornar para Juara.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.5%
17.2%
77.2%