16/10/2017 às 16h07min - Atualizada em 16/10/2017 às 16h07min

Prefeitura de Barra inicia hoje mutirão fiscal com meta de reduzir dívida de R$ 98 milhões

Essa dívida diz respito a impostos municipais atrasados como IPTU, ITBI, ISSqN e Alvará de Licença.

Francis Amorim
Rdnews
Com o objetivo de reduzir um dívida que beira os R$ 100 milhões, começa nesta segunda (16), em Barra do Garças, o Mutirão Fiscal 2017, que será realizado pelo município em parceria com a Justiça. Serão 15 dias de oportunidades para que o contribuinte possa regularizar a situação com a fazenda pública. Prefeito Beto Farias ressalta que processo de renegociação será facilitado no mutirão

Serão renegociadas créditos referentes ao Imposto Sobre Serviço (ISS), IPTU e taxas municipais, além de multas acumuladas ao longo dos anos de endividamento. A intenção é recuperar esses créditos de forma ágil com a renegociação e julgamento dos processos já ajuizados na dívida ativa do município. De acordo com levantamento da secretaria de Finanças, o montante do crédito é de aproximadamente R$ 98 milhões.

O prefeito Beto Farias (PMDB) ressalta que o processo de renegociação será facilitado, inclusive, com descontos e parcelamento. "Esperamos que o contribuinte em débito procure a secretaria de Finanças e aproveite as facilidades oferecidas", destaca.

Além da recuperação dos créditos tributários, o objetivo, segundo a Justiça, é reduzir o estoque de processos no Fórum de Barra do Garças, e garantir mais recursos para que o município, principalmente neste momento de crise econômica que o país atravessa.

“A Corregedoria Geral de Justiça tem conversado com juízes, prefeitos e vereadores em diversos municípios, objetivando esses mutirões que venham a atender o cidadão que querem a recuperação judicial e ao mesmo tempo ter o retorno com a aplicação dos recursos pelo município”, explica o juiz Francisco Ney Gaíva, diretor do Fórum.

Os interessados devem procurar a secretaria de Finanças, no Centro Administrativo Municipal, na rua Carajás, entre os dias 16 de outubro e 1º de novembro.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.8%
17.6%
76.5%