05/10/2017 às 16h50min - Atualizada em 05/10/2017 às 16h50min

Polícia Federal incinera 632 quilos de drogas apreendidas em Barra do Garças

Meia tonelada de cocaína virou fumaça durante incineração inclusive os 150 quilos apreendidos com ex-delegado em General Carneiro.

Ronaldo Couto / Araguaia Notícia
O departamento da Polícia Federal (PF) efetuou na quinta-feira (5/10) a incineração de 632 quilos de drogas que foram apreendidos nos últimos meses na região de Barra do Garças. A incineração foi realizada numa cerâmica na rodovia MT 100 na saída para Araguaiana e foi acompanhada pelo delegado Rafael Valadares e representantes das forças de segurança da região.

O delegado Valadares explicou que dos 632 quilos, cerca de 536 quilos são de cocaína que foram apreendidos em grandes operações na região. Uma destas apreensões ocorreu no dia 26 de setembro de 2016 na cidade de General Carneiro-MT quando foi preso ex-delegado da Polícia Civil Arnaldo Agostinho Sottani. Durante abordagem, ex-delegado entrou em confronto com os policiais e foi atingido com um disparo na perna.

Essa quantidade de droga apreendida representa um desfalque de mais de 7 milhões para os criminosos. Só para se ter uma ideia um quilo da cocaína é vendido a 10 mil dando em torno de 5 milhões e 300 mil que vivaram fumaça e cinzas durante a incineração de hoje.

O trabalho de incineração da PF foi acompanhada por outras forças de segurança. O delegado Heródoto Fontenelle, representante a Polícia Civil de Barra do Garças, parabenizou o serviço da PF em favor da sociedade e disse que essa droga retirada de circulação beneficia as famílias que são protegidas contra a ação dos traficantes. O inspetor Cristiano, da PRF-BG, disse que os patrulheiros estão aí para colaborar com o trabalho de vigilância nas estradas e auxiliar nas apreensões de drogas na região de Barra do Garças.

Acompanharam a incineração também representantes da Aeronáutica, Exército, Polícia Militar e Civil da cidade de Aragarças-GO. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
16.9%
77.5%