05/10/2017 às 07h49min - Atualizada em 05/10/2017 às 07h49min

Suspeito de crime cruel em Paranatinga é preso no nortão de MT

A vítima foi morta com dezessete facadas

Assessoria | PJC-MT
A Polícia Judiciária Civil prendeu o autor de 17 facadas que levaram a morte um homem na cidade de em Paranatinga. A prisão do suspeito, Ilson Bezerra de Moura, 35 anos, foi efetuada na terça-feira (03.10), na cidade de Lucas do Rio Verde, com apoio da Delegacia de Polícia local e a Polícia Militar.

A vítima, Erasmo Carlos da Silva, 46 anos, natural de Esperantina, no Piauí,  com 17 facadas, teve o corpo encontrado na manhã do dia 15 de abril de 2016, por  trabalhadores do aterro sanitário de Paranatinga, entre o lixo depositado no local. A vítima estava sem documentos e foi identificada posteriormente. 

A princípio, a suspeita recaiu sobre um colega de trabalho, com quem a vítima havia discutido uma semana antes do crime, ocasionando a demissão de ambos. Mas, com o andar das investigações a suspeita sobrecaiu em Ilson Bezerra de Moura, que antes mesmo de ser interrogado foragiu da cidade.

Relatório policial das investigações e oitivas várias testemunhas, deram respaldos para o Ministério Público Estadual  oferecer denúncia e requerer a decretação da prisão preventiva do suspeito.

Durante as investigações, a Polícia Civil levantou pistas de que o suspeito teria fugido para Pedreiras, sua cidade natal, no Estado do Maranhão. Posteriormente, descobriram que ele teria retornado para Mato Grosso.

Por mais de 01 ano e 05 meses da data do homicídio, investigadores da Delegacia de Polícia de Paranatinga e da Delegacia de Roubos e Furtos de Primavera do Leste realizaram levantamento de informações e monitoramento do suspeito, culminando na identificação dele na cidade de Lucas do Rio Verde, bem como o seu endereço.

De posse destas informações a equipe investigativa entrou em contato com a equipe de investigadores de Lucas do Rio Verde, os quais com o apoio da Polícia Militar da localidade monitoraram a residência do suspeito, bem como descobriram e monitoraram a empresa em que ele estava trabalhando. Após horas de campana conseguiram realizar no início da noite de terça-feira o cumprimento da ordem de prisão.

O Delegado Regional de Primavera do Leste, Rafael Fossari, o delegado de Paranatinga Pablo Borges Rigo, a delegada da Derf, Anamaria Machado Costa, e o delegado Daniel Santos Nery, titular de Lucas do Rio Verde, elogiaram os trabalhos dos investigadores que participaram das investigações e diligências, bem como da Polícia Militar de Lucas do Rio Verde pelo apoio prestado,  enfatizando que o trabalho em equipe e a integração das delegacias circunvizinhas e demais forças policiais são  fundamentais para um resultado do êxito como este, estando todos de parabéns pelo empenho e dedicação frente as instituições de segurança.

O suspeito será transferido para a Comarca de Paranatinga, permanecendo à  disposição da Justiça.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.6%
17.3%
77.0%