03/10/2017 às 17h26min - Atualizada em 03/10/2017 às 17h26min

Dono de Companhia de Rodeio não descarta sabotagem em queima de fogos que matou 2 pessoas e feriu mais de 30

Francis Amorim / RDNews

Um dos sócios-proprietários da JW Rodeios, o empresário Júnior da JW, não descarta a possibilidade de sabotagem nos fogos de artifício que mataram duas pessoas e feriram outras 30 na Exposição Agropecuária de Bom Jesus do Araguaia (a 976 km de Cuiabá), a Expobonja, na noite de sábado (30). Segundo ele, o acidente foi uma fatalidade, contudo, não se pode descartar essa hipótese.

De acordo com Júnior, em mais de 20 anos de profissão, unca havia ocorrido nada parecido ao acidente de Bom Jesus do Araguaia. "Usamos apenas um pouco de gasolina e pólvora para causar o efeito para chamar à atenção do público quando o locutor entra na arena. A explosão faz parte da abertura do rodeio", ressalta.

O empresário relata que os pais estavam bem próximos às vítimas. "Meus pais estavam a menos de dois metros de onde os rapazes foram atingidos. Poderia ter sido qualquer um. Não tenho palavras para descrever o tamanho da minha tristeza e a dor pela perda dessas vidas", lamenta.

Conforme Júnior, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as causas do acidente e a Politec recolheu materialidade no local do fato para colaborar nas investigações. Além disso, o Corpo de Bombeiros tinha emitido o laudo de vistoria e o alvará de segurança para que a festa fosse realizada.

“Acredito em fatalidade, mas não descarto que podem ter sabotado o material, pois tenho 20 anos de experiência e nunca aconteceu nada parecido, mas as investigações irão mostrar o que houve”, disse Junior. Além dele, um funcionário da empresa, que não teve o nome divulgado, relata por meio de uma mensagem que o artefato apresentava sinais de adulterações.

Vítimas

Segundo o prefeito de Bom Jesus do Araguaia, Joel Ferreira, oito das 30 pessoas feridas ainda estão internadas, uma delas em estado grave no Hospital Paulo Alemão, em Água Boa, para onde foram levadas as vítimas mais graves. Um jovem que inspira cuidados aguarda transferência para uma UTI em Cuiabá. (Com informações da Agência da Notícia)


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Se a empresa de Água continuar com serviço irregular, o que deve ser feito pelo prefeito? Deixê a sua opinião internauta

1.1%
4.5%
17.2%
77.2%