30/09/2017 às 10h50min - Atualizada em 30/09/2017 às 10h50min

Vendaval de 90 km/h provoca estragos em Aragarças e Barra do Garças

A chuva que era tão aguardada na região veio acompanhada de um vendaval destruidor que derrubou árvores e destelhou casas

De Olho No Tempo Meteorologia

O aumento da umidade ao longo da coluna troposférica permitiu o desenvolvimento de células convectivas na tarde desta sexta-feira (29) entre os estados de Goiás e Mato Grosso, onde vários pontos registraram precipitação ou vento forte.

Em Aragarças, no oeste de Goiás e em Barra do Garças, leste de Mato Grosso, ambos municípios vizinhos e separados apenas pelo rio Araguaia, o vento forte provocou estragos.

No lado goiano, árvores e galhos caíram com as rajadas e segundo o Corpo de Bombeiros, ao menos cinco residências foram destelhadas.

Já em solo mato-grossense, o vento forte também derrubou árvores e destelhou construções, além de destruir placas de publicidade, segundo a Defesa Civil local. Ambos os municípios, não contabilizaram desabrigados.

nacional 01 09 17 1

nacional 01 09 17 1

Dados meteorológicos registrados

Em Aragarças, a estação meteorológica automática de propriedade do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) aferiu rajada máxima de vento de 87,8 km/h e precipitação acumulada até às 20 horas (Brasília) de 32,6 milímetros.

nacional 01 09 17 1

nacional 01 09 17 1

Já em Barra do Garças, dados de Meteorological Aerodrome Report (METAR) do Aeroporto rerportaram chuva forte com trovões e visibilidade mínima horizontal na pista de apenas mil metros.

nacional 01 09 17 1

nacional 01 09 17 1

Onde fica?

nacional 01 09 17 1

nacional 01 09 17 1

(Crédito das imagens: Reprodução/Google – Reprodução/Inmet – Reprodução/Weather Underground – Divulgação/Defesa Civil/Barra do Garças via WhatsApp DONTM (18) 98186-6689)


Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%