22/09/2017 às 19h17min - Atualizada em 22/09/2017 às 19h17min

Funcionárias de loja são presas por facilitar assalto

Midia News
Duas funcionárias de uma loja, localizada na Rua 13 de Junho, no centro comercial de Cuiabá, foram presas acusadas de participar de um assalto ao estabelecimento, na tarde de quarta-feira (20).

Além delas, foram presas outras três pessoas - uma mulher e dois homens.

A quadrilha foi presa logo após cometer o crime. Eles haviam roubado R$ 2.837,46 em dinheiro da loja.

Segundo o boletim de ocorrência feito pela Polícia Militar, as duas funcionárias - L.V.C., de 19 anos, e M.S.G.J., de 22 - teriam passado todas as informações para o restante do bando, sobre como encontrar o dinheiro e qual o melhor horário para praticar o assalto.

A PM informou que o crime foi planejado por meio de conversas no aplicativo WhatsApp.

O caso foi solucionado após o proprietário da loja passar as características do veículo que os criminosos usavam.

Os militares saíram em busca e encontraram o carro trafegando na entrada do Bairro Planalto.  

Os policiais abordaram o veículo, no qual estavam dois homens. Os dois foram abordados e, com eles, foi encontrada uma grande quantia em dinheiro.

Segundo a PM, os dois confessaram participação no assalto. Eles disseram que o restante dos objetos roubados estavam escondidos na casa de uma comparsa, no Bairro Santa Inês.

Os dois bandidos revelaram ainda que M.S.G.J., uma das funcionárias da loja, passou as informações que facilitaram a prática do crime.

Os policiais realizaram a prisão do trio e, posteriormente, voltaram à loja, onde M. contou que a colega L.V.C. também sabia de todo “o plano”.

As duas funcionárias foram presas e levadas para a Central de Flagrantes de Cuiabá, bem como o restante do bando.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.5%
1.3%