20/09/2017 às 18h52min - Atualizada em 20/09/2017 às 18h52min

Acadêmicos de Direito conhecem estrutura do TJMT

TJMT
Depois de 23 horas de viagem e de percorrerem mais de 1.250 km, os alunos do curso de Direito da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), campus Vila Rica, chegaram ao Tribunal de Justiça (TJMT), em Cuiabá, para participar do Projeto Nosso Judiciário, na tarde desta terça-feira (19 de setembro).Eles puderam conhecer de perto todo o funcionamento e estrutura da justiça estadual, além de saberem um pouco mais sobre a história do Poder Judiciário.

Por iniciativa dos próprios alunos, que estariam em Cuiabá nesta data para um congresso, entraram em contato com o Tribunal para participarem da visita guiada pelas dependências do tribunal. Eles assistiram à sessão da Primeira Câmara Cível, que teve várias sustentações orais, conheceram o Protocolo, onde chegam inúmeros processos, depois passaram pelo setor de Classificação, sala da OAB e por fim no Espaço Memória. Lá foram recebidos pela juíza auxiliar da vice-presidência do TJMT, Vandimara Zanolo.

 A magistrada deu boas vindas aos alunos e falou da felicidade em recebê-los, já que vieram de tão longe para conhecer o funcionamento do TJMT. Ela explicou sobre as Câmaras que compõe o tribunal e os processos em cada uma. Falou também da importância deles terem assistido a sustentações orais, o que acrescenta muito no aprendizado. “Para quem está estudando é muito importante conhecer essa estrutura. Ficamos bastante orgulhosos de tê-los aqui fazendo parte desse projeto, que já recebeu mais de 1.300 alunos, desde 2015”, complementou Vandimara.

O resultado obtido pelo TJMT no relatório Justiça em Números, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) também foi citado pela juíza. Ela explicou que o Tribunal ficou em primeiro lugar dentre os de médio porte no que diz respeito à produtividade dos juízes. “Foi um esforço muito grande para a melhoria dos trabalhos e a entrega da solução jurídica mais rápida. Estamos muito felizes com esse resultado, fruto do trabalho dos servidores, magistrados e da alta administração”.

O coordenador do grupo, estudante de Direito, Rafael Trindade, agradeceu a instituição pela experiência e receptividade. Ele classificou como uma experiência muito positiva para todos os acadêmicos. “Estamos muito distantes da capital, mas com esforço de todos conseguimos realizar esse sonho que era conhecer a sede do Tribunal de Justiça do nosso estado.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.6%
1.3%