19/09/2017 às 18h24min - Atualizada em 19/09/2017 às 18h24min

Unidade do JBS em Confresa retoma compra de animais depois de suspender abate por falta de água

Notícias Agrícolas
iraja Capuzzo, presidente do Sindicato Rural de Confresa, comenta a paralisação das atividades de uma unidade do JBS na região. Embora as atividades estejam, de fato, pausadas, esta pausa não se dá em função dos fatores políticos e jurídicos ocorridos com a empresa e, sim, a um grande período de seca que levou, também, à seca do rio que abastece o frigorífico.

Nesta semana, as compras já foram retomadas e as atividades devem voltar na sexta-feira (22), com grandes carretas levando água para a unidade.

Na visão de Capuzzo, o que pode ocorrer é que o frigorífico não volte a abater 1000 cabeças/dia, mas que diminua sua atividade para 600 a 700 cabeças/dia. Os preços de compra estão nos mesmos níveis de anteriormente, de R$133/@ para o boi de confinamento e de R$123/@ para a vaca.

A oferta de animais na região neste momento, como salienta o presidente, é grande. Entretanto, muitos seguram seus animais na expectativa de melhores preços em outubro e novembro.

Ele conta, ainda, que a região se espelhou na alta tecnologia utilizada na produção de grãos e que imprime essa prática também para a produção de gado, trabalhando em fatores como a correção e adubação de solos e o melhoramento de pastagem.
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.1%
23.5%
1.3%