18/09/2017 às 19h38min - Atualizada em 18/09/2017 às 19h38min

Mulher oferece R$ 800 para policiais militares não a prenderem

Midia News
Uma jovem de 26 anos foi presa na madrugada desta segunda-feira (18), após tentar subornar policiais militares para que não a prendessem. O caso aconteceu no Bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, o caso ocorreu quando um rapaz chamou a polícia para denunciar que uma mulher, conhecida como “Nenenzona”, havia furtado seu aparelho celular.

Após ouvir o relato, foram feitas rondas na região e os policiais encontraram a suspeita próximo a um motel. Ela ainda tentou fugir, mas foi pega pela PM.

Questionada a respeito do celular furtado, a mulher confessou o furto e contou que já tinha vendido o celular para um casal que estava em um bar, próximo dali.

Quando a polícia chegou no estabelecimento comercial, o casal não estava mais, porém uma testemunha informou onde eles moravam.

A polícia então foi até a casa dos dois e encontrou o celular furtado. A mulher então ofereceu, primeiramente, uma quantia de R$ 500 para que não fosse detida. Em seguida, após a negativa da PM, aumentou o valor para R$ 886.

A polícia fez buscas na casa e ainda encontrou porções de cocaína e maconha escondidos.

Foi dada a ordem de prisão ao casal que comprou o celular e a mulher que furtou. Todos foram presos e levados para a Central de Flagrantes da cidade.

Eles foram autuados por receptação, corrupção ativa e tráfico de drogas.
Notícias Relacionadas »
Comentários »