06/09/2017 às 19h06min - Atualizada em 06/09/2017 às 19h06min

Câmeras de segurança serão instaladas nas ruas de Barra do Garças

Um especialista de comunicação foi convidado pelo GGI-M para falar sobre novo sistema de rádio para viaturas e videomonitoramento

Ronaldo Couto / Araguaia Notícia
Um dos assuntos em pauta durante reunião, nesta semana, do Grupo de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) em Barra do Garças foi sobre comunicação na segurança com a volta do sistema de videomonitoramento nas principais ruas da cidade e um novo sistema de comunicação para as viaturas da Polícia Militar (PM).  Todas as autoridades presentes disseram que o videomonitoramento é fundamental para auxiliar as forças de segurança pública do município.

“A sociedade é favorável que as câmeras sejam novamente instaladas porque ajudam no policiamento dando mais tranquilidade. A prefeitura está junto nesse projeto”, destacou o vice-prefeito de Barra do Garças Welinton Marcos que participou da reunião representando o prefeito Roberto Farias.

O tenente-coronel Omar Prado concorda com a importância do videomonitoramento e colocou o batalhão a disposição para sediar a central das câmeras. Ele explicou que este acompanhamento sempre é feito em parceria com a Polícia Civil, Bombeiro e demais forças de segurança.
 
"Essas reuniões de forma integrada com as forças de segurança pública bem como demais órgãos e entidades, soma esforços para combater os crimes, onde a integração é fundamental para alcance da sensação de segurança pública em toda nossa área" afirmou Prado.

Além das câmeras, a PM em breve estará modernizando o sistema de comunicação de rádio que hoje é analógico para digital facilitando a comunicação entre as viaturas e até mesmo os batalhões da região. Hoje uma viatura que vai para o bairro de Vila Maria tem dificuldade para falar na central do batalhão.

Em outros estados, a polícia consegue conversar até mesmo numa distancia de 200 km. Para tanto, o comando convidou um especialista em comunicação para falar sobre esses dois assuntos durante a reunião do GGI-M. 
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Com UTIs lotadas, Barra do Garças deve ou não aderir lockdown? 3 pacientes aguardam vagas

75.0%
23.7%
1.3%